Sou Pro

Web 3.0: o que é e como está a revolucionar as empresas

O que é a Web 3.0

A internet tem sofrido grandes evoluções em curtos espaços de tempo, e a próxima fase está a revolucionar tanto consumidores como empresas, nas mais diversas áreas – dos meios de pagamento à cibersegurança. Saiba o que significa a Web 3.0, a terceira geração web, e descubra como pode afetar a sua empresa.

O que é a Web 3.0?

Para compreender em que consiste esta nova geração web, é importante recuar no tempo. Por volta dos anos 90, a internet baseava-se no modelo read-only, no qual o utilizador era apenas mero espectador; dito doutro modo, a web exibia apenas texto e imagem estáticos, sem qualquer interatividade com os utilizadores – estes podiam apenas consultar conteúdo, sem efetuar qualquer ação. Este era o cenário Web 1.0.

A Web 2.0 tem início no ano de 2000, quando ocorre o primeiro grande salto tecnológico: a internet passa a basear-se no modelo read-write, no qual os utilizadores já têm a possibilidade de criar e partilhar conteúdo. Começam a surgir as primeiras redes sociais, a Wikipedia e outras plataformas análogas, e a instalar-se os conceitos de propriedade de dados e privacidade.

A próxima década da internet, Web 3, baseia-se no modelo read-write-execute, assente numa base de descentralização, partilha direta e inteligência artificial. Estes princípios cruzam-se com pagamentos e transações comerciais na medida em que começam a surgir fenómenos como criptomoedas, NFT e até o Metaverso, que estão a transformar o mundo financeiro, o trabalho em equipa, a propriedade intelectual e até o conceito de posse de um ativo digital.

Quais são os conceitos fundamentais da Web 3.0?

De criptomoedas a NFT, estes são os principais conceitos que estão por detrás da Web 3.0.

Criptomoedas

As criptomoedas tentam resolver a questão da interferência de terceiros ou manipulação externa nas transações financeiras. Sendo um meio de pagamento digital que não é emitido nem regulado por nenhuma autoridade central, não necessita de qualquer intermediário na troca comercial, eliminando assim o risco de um outro elo desencadear crises mundiais, como aconteceu em 2008. Aqui observa-se o princípio da descentralização, característico da Web 3. Para as empresas, significa um novo meio de pagamento, e possivelmente um mercado verdadeiramente planetário de clientes.

NFT

Os NFT (Non Fungible Token) são um certificado digital de propriedade de um bem cujo valor não pode ser reposto ou substituído por outro. Com esta tecnologia, o comprador não está a adquirir a exclusividade de utilização ou reprodução, está apenas a adquirir um certificado que lhe garante ser o proprietário do bem original. Daqui decorre naturalmente o surgimento de uma nova forma de transacionar arte digital e, para a troca destas tokens, pode ser utilizada a criptomoeda.

Metaverso

O metaverso já está entre nós, e consiste no ambiente digital de código aberto e descentralizado onde é possível trabalhar, conviver e existir como avatar. Trata-se de uma ideia muito presente em filmes de ficção científica, mas que chegou agora à nossa realidade atual – um mundo aberto, partilhado e tridimensional. Em suma, com o metaverso, a linha que separa o real do virtual é cada vez mais ténue. Para as empresas, o Metaverso pode representar um novo paradigma de colaboração online, com colegas a partilhar um espaço digital de trabalho.

DeFi

A tecnologia DeFi (Decentralized Finance) representa o processo inverso ao tradicional sistema financeiro. As transferências entre cliente final e comerciante, ao invés de serem mediadas por um Banco ou uma entidade financeira, deixam de ter qualquer intermediário e processam-se de forma direta entre as duas partes envolvidas.

Como é que a Web 3.0 está a mudar as empresas?

A evolução tecnológica apresenta gigantescas oportunidades de inovação para as empresas, no sentido de uma maior competitividade no mercado e de proporcionar uma experiência de utilização melhorada e otimizada.

As criptomoedas, as transações sem intermediários e um novo conceito de posse digital estão cada vez mais presentes no mercado e parecem desenhar a visão do futuro. A tendência está a dirigir-se no sentido de total transparência, descentralização e inteligência artificial.

A Web 3.0 pode representar novas formas de colaboração, de pagamento, e até mesmo de cibersegurança, ao permitir que uma empresa distribua as suas informações mais críticas por uma vasta rede de utilizadores, em vez de concentrar os  dados num repositório único,  o que a torna mais vulnerável.

O OLX Pro acompanha este movimento e ajuda as empresas a implementar formas de pagamento avançadas nas suas lojas online, como Cartão de Crédito, MBWay, PayPal, entre outros, sempre com a garantia de segurança com certificado SSL. Registe a sua empresa no OLX Pro e descubra como pode impulsionar o seu negócio.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário