Sou Pro

Técnicas de vendas: 8 dicas para aumentar as receitas online

dicas técnicas de vendas

O desafio de gerir um negócio online pode ser avassalador, até para o profissional mais experiente. Para aumentar as receitas online, experimente estas 8 técnicas de vendas indispensáveis.

1. Venda no maior marketplace de Portugal

Qualquer comercial sabe que é essencial estar próximo dos clientes. Esta técnica de vendas é a mais importante e a mais fácil de executar. O OLX é o maior marketplace de Portugal, visitado por 15 milhões de utilizadores mensais. Todos os dias, centenas de milhares de pessoas visitam o nosso portal à procura de produtos e serviços diversificados, ao melhor preço. Para colocar os seus produtos à disposição deste universo potencial de clientes, basta criar um registo no OLX Pro, o portal desenhado especificamente para as empresas que querem crescer online. Descubra todas as vantagens.

2. Pratique uma escuta ativa nos canais digitais

Redes sociais, sites de avaliações, caixas de comentários, telefonemas – os canais que os clientes usam para entrar em contacto com a sua marca são muitos e diversificados. Por um lado, dar várias opções aos clientes é positivo e fomenta uma boa experiência de compra. Mas, por outro, representa um desafio acrescido na consolidação e gestão de toda esta informação. A análise corrente da opinião dos clientes deixada através destes canais é uma técnica de vendas imprescindível, pois permite perceber onde tem de melhorar.

3. Meça o Net Promoter Score

O Net Promoter Score, ou NPS, é a resposta à pergunta: “Numa escala de 0 a 10, qual a probabilidade de recomendar esta empresa, produto ou serviço a um amigo ou colega?”.

A resposta a esta pergunta simples permite calcular um dos mais poderosos indicadores de Marketing à disposição das empresas – O Net Promoter Score (ou NPS). Com base no número que o cliente escolhe, é classificado numa das seguintes categorias: “Detratores”, “Passivos” e “Promotores”.

  • Pontuação entre 0 – 6: Detratores. Os Detratores são clientes que não gostam do produto ou serviço. Provavelmente, não voltarão a comprar e podem prejudicar a reputação da empresa.
  • Pontuação entre 7 – 8: Passivos. Os ‘Passivos’ estão satisfeitos, mas podem facilmente mudar para a concorrência se tiverem a oportunidade (como um desconto). Não vão ativamente denegrir a imagem da empresa, mas não estão suficientemente motivados para a promover a outras pessoas.
  • Pontuação entre 9-10: Promotores. Os ‘Promotores’ são compradores recorrentes, entusiastas, que recomendam os produtos e serviços a outros potenciais clientes.

4. Defina uma estratégia de preço

As estratégias de preço definem como uma empresa determina o PVP. Existem 3 estratégias de preço mais comuns: as que são baseadas em custos, no valor para o cliente e na concorrência. As estratégias de preços baseadas em custos calculam o PVP a partir do custo de produção de um produto ou serviço, ao qual é somada a margem. As estratégias com base no valor para o cliente definem o preço dos produtos ou serviços com base no que o cliente está disposto a pagar. As estratégias de preço baseadas na concorrência utilizam os preços dos concorrentes como referência. Descubra como escolher a melhor para a sua empresa.

5. Adote preços psicológicos

Num mercado competitivo, como o e-commerce português, não é suficiente ter o melhor preço – é necessário transmitir essa imagem. Afinal, para 93% dos consumidores portugueses, o preço é o fator mais importante numa decisão de compra.

O preço psicológico é uma estratégia para aumentar vendas que tem por base a ideia de que certos preços influenciam a perceção dos consumidores. O objetivo é gerar nos clientes a ideia de que estão perante um bom negócio e levar à compra. Um dos exemplos mais comuns de preço psicológico são PVP que terminam em .99, .95 ou .5. Esta técnica implica “arredondar” um preço de 5.10€ para 4.99€. Ou apresentar certos preços num tamanho de letra mais pequeno. Descubra mais técnicas de preço psicológico.

6. Crie uma loja online

De nada servem técnicas de vendas elaboradoras sem uma loja online. Esta é a primeira impressão que o seu negócio deixa nos clientes e será determinante para os resultados. Se está a pensar criar uma loja online, evite erros típicos como a ausência de opiniões de clientes, métodos de pagamento confusos, checkout complexo ou falta de opções logísticas. Descubra qual o impacto destes erros e como os evitar.

7. Simplifique os pagamentos online dos seus clientes

Em Portugal, cerca de 3.8 milhões de pessoas gastam em média 543 € por ano em compras online. Transferências bancárias, multibanco, cartão de crédito, envios à cobrança: no e-commerce português convivem as mais variadas formas de tratar os pagamentos online.

Esta diversidade de opções pode ser um quebra-cabeças para quem tem a responsabilidade de gerir um negócio online. Descubra quais são os métodos de pagamento favoritos dos portugueses e porque os deve acrescentar à sua loja online.

8. Invista nas descrições e fotos de produto

No que toca a técnicas de venda online, uma descrição completa e fotografia de produto apelativa são essenciais. Os clientes não têm forma de experimentar, por isso precisam de saber o que vão comprar de outra forma.

Procure adicionar informações úteis e que comuniquem valor e as vantagens para o cliente. Mantenha a informação concisa, organize os pontos essenciais e garanta que introduz a palavra-chave (keyword) mais importante para aquele produto.

Se o fizer, estará também a aumentar a visibilidade dos seus produtos em termos de pesquisa orgânica. Uma das funções mais importantes do texto em qualquer loja online é o SEO ou Search Engine Optimization (otimização para motor de busca). Para que possa ser descoberto com mais facilidade nas pesquisas do Google e direcionar tráfego para a sua loja, as descrições de produto (e as keywords que lá coloca) são determinantes.

Com estas 8 técnicas de vendas simples e eficazes, é mais fácil crescer online. Siga estas dicas e faça evoluir o seu negócio.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário