Sou Pro

ROI: o que significa, como medir e porque é importante

O que é o ROI e porque deve ser calculado

O ROI, ou Return on Investment, é uma métrica universalmente aceite para avaliar a atratividade de um investimento, aferir a eficiência do capital alocado em projetos de naturezas distintas e escolher entre várias opções. Mas tem também desvantagens importantes e um ROI apelativo pode ser uma armadilha para investidores incautos.

Descubra em que consiste este indicador, porque medir, como calcular, como interpretar e quais as limitações deste indicador.

O que é o ROI e porque deve ser calculado?

O ROI, ou Return on Investment, é um KPI usado para avaliar a taxa de retorno do capital investido.

Uma das principais razões para a popularidade do ROI entre investidores é a sua simplicidade. Para calcular o ROI, basta dividir o benefício esperado de um investimento pelo seu custo estimado. O resultado é expresso em percentagem.

Por exemplo, suponha que investiu 1.000 € na empresa XPTO e vendeu as ações por 1.200€ um ano depois. Para calcular o retorno desse investimento, basta dividir o lucro (1.200 – 1.000 =  200 €) pelo custo do investimento (1.000 €). O ROI neste caso é de 200 / 1.000 ou 20%.

Com esta informação, pode comparar este investimento com quaisquer outros projetos. Suponha que também investiu 2.000 € na empresa ABCD e vendeu as ações por 2.800 € em 2017. O ROI da participação na empresa ABCD seria de 800 / 2.000, ou 40%.

Com este indicador, é possível avaliar (e comparar) opções de investimento tão distintas como a compra de ações, a expansão de uma fábrica, ou uma transação imobiliária.

Como interpretar o valor do ROI?

O gestor de uma empresa pode usar o ROI para calcular o retorno sobre o custo da publicidade, por exemplo. Se gastar 50.000 € em publicidade e gerar 750.000 € em vendas, o ROI seria de 1.400% sobre as despesas com publicidade.

Da mesma forma, esse mesmo gestor pode comparar esse ROI com o de comprar um novo armazém. Comparando os custos de construção com as rendas que poupa, é possível calcular um segundo ROI e escolher qual é a melhor opção – fazer o armazém ou investir em publicidade.

Se o ROI dos investimentos for positivo, é porque provavelmente o investimento vale a pena. Mas se existirem várias oportunidades com ROIs diferentes, é preciso considerar outros fatores, como o nível de risco associado e o tempo necessário para recuperar o investimento.

Como referência, os investidores em bolsa procuram um ROI anual igual ou superior a 7% – mas tudo depende do nível de risco que cada pessoa está disposta a assumir.

Limitações do ROI

Embora o ROI seja uma forma fácil e rápida de estimar o sucesso de um investimento, este indicador tem também algumas limitações. Por exemplo, o ROI não reflete o valor do dinheiro no tempo. Este handicap torna difícil comparar ROIs, porque alguns investimentos demoram mais tempo para gerar resultados do que outros. Por este motivo, os investidores tendem a usar outras métricas, como o valor presente líquido (VPL) ou a taxa interna de retorno (TIR).

Por outro lado, o ROI é tão bom quanto os números que servem de suporte ao cálculo. Projeções inflacionadas de rendimentos futuros levam a uma estimativa de ROI que irá induzir o investidor em erro. E um cálculo rigoroso deste indicador obriga a estimar os custos de um projeto com detalhe, algo que nem sempre é fácil de prever numa fase embrionária.

Por fim, o ROI não considera o risco ou a incerteza. Quando se usa o ROI para decidir sobre investimentos futuros, deve ser tido em consideração o risco associado às projeções de lucro. E, como acontece com todos os investimentos, o desempenho histórico não é garantia de sucesso futuro.Por isso, é importante construir vários cenários de ROI – dos mais otimistas aos mais pessimistas.

OLX, projetos de maior ROI

O ROI é uma métrica compreensível e facilmente calculável para determinar a eficiência de um investimento. Este cálculo amplamente utilizado permite comparar diferentes opções de investimento e chegar a uma decisão de forma lógica.

No entanto, o ROI não deve ser a única métrica utilizada para tomar decisões, pois não leva em consideração o nível de risco ou o horizonte de tempo para recuperar o investimento. Por fim, calcular o ROI requer uma medição exata de todos os custos. Usar o ROI pode ser um bom início para avaliar um investimento, mas deve ser acompanhado de outras métricas importantes.

No OLX, sabemos que vender online é o caminho para conseguir um ROI mais elevado. Por isso, desenvolvemos o portal OLX Pro, a pensar em todas as empresas que querem vender mais, com menos custos. Bastam alguns cliques para colocar os artigos à venda para mais de 15 milhões de visitantes mensais. E não existem custos de adesão ou de comissões sobre as vendas. Tudo isto, apenas com o preenchimento de um formulário. Para começar, basta preencher estes dados.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário