Sou Pro

Os 10 pontos chave para fazer recrutamento à distância

O processo de seleção é uma das atividades mais importantes e exigente dos recursos humanos de qualquer empresa. A tendência atual conduziu as empresas ao encontro do recrutamento à distância.

Face à necessidade, devemos tirar partido desta metodologia de recrutamento, pois acarreta uma série de vantagens:

  • Menos tempo gasto por parte da empresa;
  • Menos recursos necessários para a empresa e para o entrevistado;
  • Minimiza a distância, atrasos e outros;
  • Permite agilizar facilmente várias sessões ou etapas para uma entrevista;
  • Maior poder de alcance tanto na etapa de recrutamento quanto na identificação do candidato ideal para a empresa.

10 pontos chaves para não falhar no próximo recrutamento à distância

1. Definir os locais de recrutamento

Os locais onde são divulgadas as vagas disponíveis na empresa dão uma antevisão do tipo de público que vai atingir. Os meios digitais eliminam qualquer barreira física e o impacto é muito maior.

Dê preferência a plataformas credíveis e, nesse sentido, pode começar por anunciar as vagas disponíveis no OLX. A plataforma tem também disponível aconselhamento profissional para converter mais e melhores resultados para o recrutamento para a sua empresa. Saiba como, entrando em contacto.

2. Triagem de candidatos

Seja pelo recurso às novas tecnologias, pela inteligência artificial, robótica ou computação ou pelo método tradicional, um dos pontos chave para o sucesso do recrutamento é a triagem. Defina exatamente o que procura e seja seletivo na triagem dos candidatos.

3. Planear a entrevista

Definir perguntas diretas para perceber se o candidato reúne as habilidades e competências necessárias a colmatar a vaga que a empresa disponibiliza. O planeamento da entrevista permite criar um fio condutor para que não se perca do seu objetivo. As perguntas-chave devem estar presentes e ser colocadas logo no início da entrevista, criando espaço para novas perguntas no decorrer da mesma.

4. Transparência na comunicação

É fundamental ser claro, transparente e o mais sincero possível durante a entrevista. O facto de estarem numa reunião de recrutamento à distância, não pode dar margem a informações mal interpretadas. Deixe espaço para colocação de perguntas e esclareça dúvidas. Não deixe incertezas e inconsistências por esclarecer. Fale abertamente com o candidato.

5. Priorize a videochamada

Sem dúvida que uma entrevista dará frutos muito mais alargados se tiver o vídeo associado. No recrutamento à distância é fundamental conhecer o rosto do candidato, ver-lhe as expressões e como se posiciona. Estenda ainda o vídeo a outros gestores ou à restante equipa de recrutamento, aumentando a eficácia do processo seletivo.

6. Observar o candidato

Através do recrutamento à distância poderá manter-se atento à postura e à forma de comunicar do candidato. É importante que abra espaço para exemplos de situações dentro da sua experiência profissional, para perceber como o seu comportamento é afetado e como reage a pressão ou imprevistos.

7. Sair do padrão

O recrutamento à distância é fora do padrão de tantos anos de atuação dos recursos humanos. Como tal, se insistir em ficar pelo método tradicional de recrutamento, a entrevista pode levar a lado nenhum. Neste sentido, experimente dinâmicas novas. Se tem vários departamentos e a vaga implica um profissional que vá trabalhar diretamente com os mesmos, prepare uma parte da entrevista do candidato com cada um deles. Faça perguntas específicas sobre a área de trabalho em questão e perceba se estará preparado para atuar na prática.

8. Aplicar testes de personalidade

A personalidade dos candidatos foi sempre um aspeto que importou aos recursos humanos, na hora da entrevista. No recrutamento à distância não têm de ser descartados.

Os testes de personalidade são importantes para avaliar se os candidatos têm as características necessárias à função a desempenhar. Perceber se um candidato tem boa capacidade de liderança, espírito de equipa, empatia, habilidades de comunicação, entre outras, vai evitar a contratação de pessoas que não se encaixam na empresa. Para a avaliação destes testes, uma vez mais, é possível escolher recorrer às novas tecnologias, gerando as respostas em poucos segundos ou, então, seguir pelo método tradicional.

9. Estenda a avaliação a testes de proficiência

Outro tipo de testes que pode e é uma mais-valia se for usado é o teste de proficiência, que pode ser numa segunda língua, num jogo online em grupo ou de outro tipo, consoante o perfil procurado.

10. Software de recrutamento e seleção

Para otimizar todas as dicas referidas até agora é fundamental adquirir um software de recrutamento e seleção. Este é responsável por otimizar o tempo e o trabalho dos recrutadores.

Na escolha do software, tenha em conta um que se adapte ao perfil da empresa e aos seus colaboradores, que tenha recursos online e uma plataforma dinâmica, que esteja de acordo com a comunicação da empresa e faça uso da inteligência artificial. Opte por um software que seja abrangente, alcançando um público variado, mas específico a cada vaga, que tenha recursos de cadastro de currículos e outros. É também importante que permita implementar testes online, questionários e vídeos de apresentação de candidatos.

Pode efetivamente reduzir o tempo a despender para a seleção de candidatos, economizando, consequentemente, os processos de contratação. Por fim, é possível armazenar todos os dados decorrentes do mesmo agilmente.

A prática leva à perfeição

Como parte da boa comunicação da sua empresa, é essencial para dar um retorno a toda a equipa que participou no processo de recrutamento à distância. Podem aproveitar esse momento para rever situações de dificuldade e outras, potenciais de melhoramento.

Também é importante partilhar o resultado da entrevista ao candidato escolhido, para além do resultado da colocação. Desta forma, poderá indicar pontos a melhorar e no que este deve investir para aumentar a sua proficiência na empresa.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário