Sou Pro

Marketing Pessoal: o que é e como desenvolver o seu?

O que é marketing pessoal

Porque é que algumas pessoas são promovidas e outras não? Porque é que alguns fecham novos clientes com facilidade? E porque é que algumas pessoas parecem acertar sempre em entrevistas de emprego? Nem sempre a dedicação e o trabalho duro são suficientes para um aumento ou uma promoção – uma parte importante da resposta pode estar no conceito de marketing pessoal. Descubra em que consiste, quais os benefícios práticos e como implementar.

O que é marketing pessoal?

O marketing Pessoal é o conjunto de atividades que um profissional leva a cabo para criar e divulgar a sua marca individual. E o que é uma marca individual? É o conjunto de valores, competências e a visão para o setor que são partilhados com colegas, empregadores e chefias.

Esta marca pessoal pode ser construída e divulgada de várias formas, desde uma presença ativa no LinkedIn, à criação de artigos de blog ou à participação em eventos internos da empresa. Em qualquer caso, este conjunto de técnicas e estratégias irá valorizar a sua marca individual, e conseguir destaque num determinado setor.

O marketing pessoal é assim uma forma de “vender” uma imagem no mercado, por meio da promoção de certas qualidades e competências que o irão destacar. Desta forma, o marketing pessoal tem influência na forma como as outras pessoas olham para si, para os seus serviços ou produtos.

Mas esta não é a única vantagem do marketing pessoal.

Quais as vantagens do marketing pessoal?

O marketing pessoal é um importante impulsionador da carreira profissional em qualquer momento da vida. Quer esteja desempregado, a trabalhar por conta de outrem, ou à frente de uma empresa, o marketing pessoal pode ajudar a dar mais visibilidade ao seu trabalho, a ser reconhecido pelos seus pares e a atingir objetivos profissionais. 

Quando o marketing pessoal é bem desenvolvido, cria um sentimento de confiança e autoridade à sua volta. E apresenta-se como alguém que é capaz de abraçar qualquer desafio e acrescentar valor a tudo o que promove ou realiza. Com o marketing pessoal, é possível mostrar que é um especialista, cativar clientes e melhorar os relacionamentos profissionais.

A este respeito, o livro Nunca Almoce Sozinho, de Tahl Raz e Keith Ferrazi, oferece várias dicas essenciais para construir relações profissionais reais e fazer a diferença na vida dos outros. Com uma abordagem simples, revela os segredos por trás do sucesso de várias pessoas. O segredo para o sucesso, tanto profissional quanto pessoal, segundo os autores, é usar o poder dos relacionamentos para que todos ganhem.

Como consequência do marketing pessoal, esse mesmo valor é transferido para as empresas e parceiros com que colabora. O marketing pessoal, quando praticado de forma correta, atua em prol do profissional, ajudando-o a construir a carreira que deseja. Ao valorizar as suas competências, o marketing pessoal pode permitir a conquista de um primeiro emprego, receber um aumento ou aquela promoção tão desejada.

Mas levar a cabo uma estratégia eficaz marketing pessoal sem ser invasivo ou inconveniente não é fácil. A estratégia deve ser implementada de forma sutil, para não transparecer prepotência ou arrogância.

Como aplicar o marketing pessoal

Para aplicar o marketing pessoal na prática, existem várias iniciativas que pode promover a partir de hoje. Estas são as 5 principais.

1. Estabeleça uma presença digital

Redes sociais, sites e blogs são canais onde todos podem ter acesso às suas informações, competências e pensamentos. A primeira regra de ouro para o marketing pessoal nos dias de hoje é criar e manter uma presença digital cuidada, constante e coerente. Escolha as plataformas mais relevantes para si e partilhe regularmente novos conteúdos que o estabeleçam como uma autoridade no setor.

2. Defina um estilo próprio

É importante definir um estilo próprio, que o torne imediatamente identificável. Procure manter um tom otimista e positivo no que partilha, com uma visão única. Crie documentos de apresentação, como um CV e perfil no Linkedin, que o diferenciem. Utilize uma assinatura própria e pense em cada peça que cria como um episódio de uma série, o seguimento lógico de um fio condutor que o torna mais fácil de seguir.

3. Crie conteúdo relevante

O que publicar nas redes e blogs? Comece por abordar os temas do momento no seu setor e depois comunique a sua perspetiva pessoal e as formas em que já lidou com o assunto. Evite partilhar notícias sem contexto, conteúdo duplicado ou sem o seu cunho pessoal. Não partilhe conteúdo de fontes não verificadas. Antes de divulgar os primeiros posts, peça uma segunda opinião. E mantenha a coerência no estilo em todas as peças que produzir.

4. Participe em eventos do setor (físicos e digitais)

Cada setor tem o seu público e participar em eventos direcionados garante que uma audiência qualificada tem acesso ao seu trabalho. Esta forma de networking, que se estende também aos eventos digitais, amplia o espectro do networking e é essencial para iniciar interações valiosas.

5. Acompanhe os resultados

Como qualquer ação de marketing, também o marketing pessoal é feito de números. A cada semana, meça o número de visualizações e partilhas que os seus conteúdos tiveram. Acompanhe a evolução e identifique os conteúdos que resultaram melhor e pior. Investigue as causas e identifique o que tem de melhorar.

Com estas dicas não tem de ser a pessoa mais confiante do escritório para ter sucesso com o marketing pessoal. Basta que tenha a capacidade de partilhar as suas experiências profissionais com o mundo de forma cuidada e em linha com as expectativas das redes sociais.

Artigo relacionado: 10 dicas práticas para fazer o CV

O OLX pode ser o próximo passo na sua viagem de marketing pessoal. Por um lado, é bem possível que aqui encontre a sua próxima oportunidade, com dezenas de ofertas de emprego em áreas tão diversas como Marketing ou Contabilidade.

Se está a considerar abrir um negócio online, o OLX é a forma mais prática de o fazer. Bastam alguns cliques para criar uma loja online com o OLX Pro, e ter os seus produtos ou serviços à venda para mais de 15 milhões de utilizadores. Descubra tudo o que o OLX Pro tem para si.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário