Sou Pro

IRS 2022: calendário e datas importantes

IRS 2022 calendário e datas importantes

O novo ano trouxe novas datas para cumprir, e que deve ter em conta no planeamento fiscal de 2022. Comunicar o agregado familiar, verificar faturas, confirmar as deduções à coleta, entregar a declaração e pagar (ou receber) o IRS são apenas algumas das tarefas mais importantes, e cada uma tem uma data-limite bem definida.

IRS 2022: estas são as datas a recordar

Este é o calendário essencial de IRS 2022, que vai de fevereiro até final de agosto.

Até 15 de fevereiro: comunicar o agregado familiar

Um divórcio, o nascimento de um filho e outras mudanças no agregado familiar que tenham ocorrido até ao dia 31 de dezembro de 2021 devem ser comunicadas à Autoridade Tributária (AT) até dia 15 de fevereiro de 2022. Se nada de novo for comunicado, a AT assume os dados relativos ao ano anterior.

Artigo relacionado: 9 dicas que podem ajudar a poupar na entrega do IRS

Até 25 de fevereiro: verificação de faturas no IRS 2022

O dia 25 de fevereiro é o limite para verificar faturas no portal e-fatura para cálculo do IRS 2022. Caso existam faturas que ainda não estejam registadas no portal, devem ser inseridas manualmente. Até esta data, deve ainda verificar se todas as faturas da saúde têm a receita médica.

Por fim, os trabalhadores por conta de outrem que também auferem rendimentos de trabalho independente têm de informar até à mesma data se os gastos foram realizados no âmbito dessa atividade profissional.

Até 15 de março: deduções à coleta divulgadas

Até ao dia 15 de março, o Fisco disponibiliza os montantes das deduções à coleta. Neste montante incluem-se todas as despesas confirmadas por faturas ou outros documentos, mas também outros gastos dedutíveis no IRS que efetuou em entidades dispensadas de passar fatura. É o caso dos juros do crédito à habitação, das rendas da casa, das taxas moderadoras e das propinas de estabelecimentos de ensino públicos.

Estes são os mesmos montantes que vão aparecer pré-preenchidos nas declarações de IRS e cada contribuinte deve consultar e verificar o valor calculado. A informação está disponível numa página na área pessoal do IRS, no Portal das Finanças, diferente da do e–fatura.

Entre 15 e 31 de março: reclamação de faturas

De 15 a 31 de março é possível corrigir informação incorreta no IRS 2022 e apresentar uma reclamação junto da AT. No entanto, apenas se pode reclamar das deduções relativas às despesas gerais familiares.

As faturas de saúde, educação, habitação e lares que não estejam corretas devem ser alteradas manualmente pelo contribuinte. Para isso, deve usar a declaração Modelo 3 no momento da entrega do IRS e rejeitar a importação automática desses valores quando estiver a preencher o anexo H. Este processo é gratuito e pode ser feito no Portal das Finanças. No IRS automático não é possível efetuar qualquer alteração.

Para se salvaguardar em caso de pedidos de informações da AT, deve garantir que existem faturas que comprovem as alterações.

Até 31 de março: consignação do IRS e IVA

Até 31 de março, os contribuintes podem escolher a quem querem consignar o IRS ou IVA dentro da lista de entidades do Portal das Finanças. Em 2021, a lista incluía mais de 4.000 entidades certificadas por todo o país. 

Artigo relacionado: O que é a isenção de IVA?

Entre 1 de abril e 30 de junho: entrega e liquidação do IRS 2022

Entre 1 de abril e 30 de junho, deve entregar a declaração anual de rendimentos às Finanças. Pode optar entre entregar o IRS 2022 online, na página do Portal das Finanças, ou num conjunto de locais de atendimento digital assistido em juntas de freguesia e ainda serviços de Finanças.

Até 31 de julho: receber o reembolso do IRS 2022

Até dia 31 de julho, a AT envia a nota de liquidação do IRS 2022. E este é o prazo limite para receber o reembolso, desde que a declaração tenha sido entregue no prazo previsto.

Até 31 de agosto: pagamento do IRS 2022

Quem tiver de pagar IRS deverá fazê-lo até ao dia 31 de agosto. E se houver dificuldades em fazê-lo é possível pedir o pagamento da dívida em prestações junto das Finanças.

Como poupar no IRS 2022

Para poupar no IRS 2022, existem várias dicas a seguir. Estas são as mais importantes:

  1. Peça sempre fatura com número de contribuinte para poupar na entrega do IRS.
  2. Não deixe passar o prazo para validar as faturas.
  3. Conheça as categorias de despesas dedutíveis.
  4. Inclua as despesas do ano passado.
  5. Verifique se pode usufruir do IRS Jovem.
  6. Compare as opções de entrega do IRS 2022 para casais.
  7. Opte pela tributação autónoma se tem várias fontes de rendimento e um escalão acima de 28%.
  8. Considere o englobamento para poupar na entrega do IRS em rendimentos baixos.

No OLX, sabemos que a vida de um empreendedor é absorvente e que sobra pouco tempo para se preocupar com o calendário fiscal de 2022. No entanto, é importante que dedique algum tempo a organizar o ano e as datas mais importantes, para assim conseguir poupanças significativas. E se procura uma forma de simplificar a gestão do seu negócio, crie um perfil no OLX Pro e comece a vender mais online com apenas alguns cliques.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário