Sou Pro

Google Analytics: o que é e para que serve

O que é o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta indispensável ao sucesso de um negócio digital. Com uma enorme riqueza de informação, desde a forma como os utilizadores descobrem o site às vendas e páginas mais visitadas, é neste portal que se reúnem os dados mais importantes sobre as iniciativas de marketing. Descubra o que é o Google Analytics, quais as vantagens e como utilizar.

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita de análise de websites que fornece dados importantes para quem gere um negócio digital. Com esta ferramenta é possível saber, por exemplo, quantos utilizadores estão no site num dado momento e a evolução ao longo dos últimos dias, semanas ou meses. Mas o Google Analytics fornece muitas outras informações fundamentais, tais como as vendas efetuadas, as páginas mais visitadas, os dispositivos utilizados ou o tempo médio por sessão.

Por exemplo, se gere um negócio online, é importante saber se numa dada semana conseguiu mais ou menos visitantes do que na semana anterior, para poder reagir. Ou se, por exemplo, quem visita o site através das redes sociais tem maior taxa de conversão do que os restantes canais.

Estas e muitas outras informações estão acessíveis apenas com uma conta Google, também gratuita, e que é tudo o que é preciso para começar a utilizar o Google Analytics. A partir daqui, pode aceder imediatamente a uma enorme riqueza de informação sobre o seu negócio.

Quais as vantagens de trabalhar com o Google Analytics?

O Google Analytics é a ferramenta por excelência na análise de websites. Mais especificamente, é muito útil na análise do público-alvo (dados demográficos, geográficos ou de dispositivos utilizados), dos meios pelos quais chegam ao site (como redes sociais ou pesquisas em motores de busca), o que fazem nas páginas (páginas que mais visitam, onde passam mais tempo) e se passam a ser clientes (ou seja, se compram, subscrevem a newsletter etc).

O acompanhamento frequente destes dados pode ajudar as organizações a avaliar o sucesso das atividades de marketing, a medir se os objetivos estão a ser atingidos (como compras ou adicionar produtos aos carrinhos) e a tomar ações corretivas. Por exemplo, se concluir que o mobile está a ganhar terreno, pode implementar melhorias para tornar o site mais user-friendly para quem o visita neste dispositivo. Ou, se perceber que a taxa de conversão de quem o descobre através de pesquisas orgânicas é muito elevada, pode apostar na criação de mais artigos de blog para dinamizar esta fonte de tráfego.

Artigo relacionado: Como aumentar o tráfego orgânico?

Como utilizar o Google Analytics?

O primeiro passo é registar o seu site no Google Analytics, se ainda não o tiver feito. Para isso, aceda ao site google.com/Analytics, clique em “Sign up for free”, e entre na sua conta.

De seguida, terá de configurar uma propriedade na conta do Google Analytics. Uma propriedade representa o seu site ou app e será a partir desta fonte que o Google recolherá os dados.

Por fim, antes de começar a ver os dados, deve introduzir uma pequena parcela de código fornecido pelo Google no seu site. De forma simples, este é o código que transmite os dados do site para o Google Analytics. Siga as instruções fornecidas pelo Google para adicionar o código ao site.

Quando o site estiver corretamente configurado os dados vão aparecer no Google Analytics. A informação é dividida em vários painéis a que pode aceder no menu lateral esquerdo.

Página inicial

É o primeiro ecrã que aparece. A página inicial do Google Analytics reúne dados como:

  • Utilizadores: Quantos visitantes chegaram ao site nos últimos 7 dias.
  • Sessões: Quantas interações um visitante realiza com o website num período (geralmente de 30 minutos), como visualizar uma página, clicar num link ou comprar um produto.
  • Taxa de rejeição: Quantos visitantes clicaram no botão Voltar ou fecharam o site sem realizar uma única interação.
  • Duração da sessão: O tempo médio que um visitante passa no site.
  • Utilizadores ativos agora: Quantos utilizadores estão atualmente ativos no site.

Tempo real

O relatório em tempo real mostra o número de utilizadores no site a cada momento. Mas também tem outros dados como a sua localização, o dispositivo que estão a utilizar e o conteúdo que estão a utilizar.

Público-alvo

Este relatório analisa o tráfego do site. Se procura saber os dados dos visitantes, como a idade, localização ou o dispositivo, este é o report a consultar.

Aquisição

Os relatórios de aquisição são muito úteis para quem consulta o Google Analytics pois mostram como as pessoas chegam ao site. Existem quatro canais ou meios principais pelos quais os utilizadores chegam ao site:

  • Pesquisa orgânica: É o tráfego que vem de mecanismos de pesquisa como Google ou Bing;
  • Direto: É o tráfego que chega quando alguém digita o URL do site, abre o site por meio de um “favorito” ou quando o Google não consegue reconhecer a origem do tráfego;
  • Referência: É o tráfego que vem de fontes parceiras, como um link noutro site ou um vídeo do YouTube;
  • Social: É o tráfego que chega de plataformas de redes sociais como Facebook ou Instagram.

Comportamento

Quando se trata de descobrir o que os visitantes fazem no site, é necessário consultar o relatório de comportamento no Google Analytics.

  • Visualizações de página: O número de páginas visualizadas pelo visitante.
  • Tempo médio na página: É o tempo médio que um visitante passa a ver uma página do site.
  • Taxa de rejeição: A percentagem de visitantes que visualiza apenas uma página e saem.

Conversão

O último relatório do Google Analytics diz respeito à “conversão”. O termo conversão refere-se a qualquer atividade realizada por um visitante. Pode ser descarregar um vídeo, comprar um produto ou subscrever a newsletter.

No entanto, o acesso a este relatório requer configurações avançadas, como a criação de um objetivo no Google Analytics ou a configuração do acompanhamento de comércio eletrónico.

Agora, já pode consultar a informação disponível, convidar outros utilizadores para partilhar os dados, personalizar relatórios, definir objetivos que pretende que os utilizadores atinjam e muito mais.

OLX Pro, juntos por uma maior presença digital

No OLX, sabemos que criar e manter uma presença digital relevante é um desafio contínuo. Por isso, criamos o OLX Pro, um portal desenhado a pensar nas necessidades dos negócios que querem vender mais online, de forma ágil.

Neste portal, pode registar a sua empresa, customizar a loja online e colocar os seus produtos e serviços à disposição dos mais de 15 milhões de visitantes que todos os meses utilizam o OLX. É uma forma prática e simples de conseguir uma enorme notoriedade quase instantaneamente. Para o ajudar em todo o processo, que é inteiramente digital, conta ainda com o apoio de uma equipa especializada. E no que toca à gestão logística, o trabalho é muito facilitado pelas parcerias exclusivas entre o OLX e os CTT.

Descubra tudo o que o OLX Pro pode fazer pela sua empresa, aqui.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário