Sou Pro

Gestão de redes sociais: como trabalhar a presença da sua marca?

Telemóvel com Instagram insights no ecrã

Para colocar a sua marca online precisa de uma estratégia de marketing e de comunicação. A gestão de redes sociais inclui a escolha dos conteúdos, a frequência de publicação, respeitando uma calendarização pré-definida até à monitorização dos resultados.

A presença nas redes sociais é uma forma de comunicação com o cliente, que é imprescindível para o sucesso do negócio. Destacam-se as marcas que se conseguem aproximar dos clientes, com uma estratégia adequada.

4 passos a seguir antes de entrar no mundo digital

1. Defina o posicionamento da marca

Em primeiro lugar, é fundamental analisar a marca – para quem comunica? Que posicionamento tem (gama alta, média, baixa)? Compete no preço, na qualidade, ou no serviço? Que produtos quer destacar? Como se posiciona no mercado envolvente? Numa marca nova, sem presença nas redes, é importante definir a sua proposta de valor, isto é, as principais vantagens aos olhos dos consumidores.

Uma marca pode oferecer um conjunto de benefícios:

  • Funcionais – desempenham uma tarefa ou resolvem um problema
  • Sensoriais – tocam os sentidos: visão, audição, olfato e paladar
  • Relacionais – estão presentes nas relações entre utilizadores
  • Emocionais – evocam amizade, amor, nostalgia ou outros

2. Defina objetivos

É necessário entender o “porquê” e “para quê” que queremos a nossa marca presente nas redes sociais. As vendas podem ser o objetivo final, mas as redes sociais obrigam-nos a um caminho, por vezes longo, até resultar em vendas.

A gestão das redes sociais permite, num primeiro momento, construir notoriedade, dar a conhecer a marca e a sua atividade. Numa segunda fase, permite chegar ao consumidor, através de conteúdo útil e interessante. Numa terceira fase permite então mostrar os produtos, promoções e outras campanhas, conduzindo à compra.

3. Construa um perfil do consumidor

É enganador considerar que a nossa marca abrange todo o público. Para que a presença da marca nas redes sociais seja efetiva e converta nos frutos desejados, é necessário estruturar o perfil do nosso consumidor.

A nossa persona será definida pela idade, sexo, profissão e outras atividades ou indicadores que se tornem relevantes. Com o perfil definido é possível criar um plano de comunicação, escolher o tom de linguagem correto, definir os conteúdos e construir o calendário de publicação.

4. Selecione as redes sociais mais relevantes

Pode ter a sensação de que a marca deve estar em todos os canais, para chegar ao maior número de pessoas possível. Contudo, este conceito pode desgastar tempo e investimento, com poucos resultados.

As redes do momento são o Facebook, Instagram, Tiktok, YouTube, Pinterest, Twitter e Linkedin. Apesar disto, a marca deve estar onde estão os seus consumidores. Nem todas as redes permitem todo o tipo de conteúdo, pelo que devem ser escolhidas as que se adequam à comunicação da marca.

Dicas para trabalhar a presença da sua marca online

Posicionamento e estilo

O estilo da marca vai estar presente em cada publicação e deve ser coerente, seguindo a mesma linguagem. 

Nas redes sociais, a linguagem da marca define-se pelo tom de voz – formal, descontraído, alegre, irreverente – e pelo aspeto visual – visível nas imagens que a marca irá publicar. É importante que o tom de voz represente o espírito da marca, mas também que esteja de acordo com o perfil do consumidor.

Calendário

O calendário deve ter em conta a disponibilidade que a empresa tem para o cumprir. Para construir o calendário é importante não esquecer que determinadas épocas são fundamentais para a marca. As datas importantes a assinala levam a ações de marketing que devem ser programadas previamente.

A frequência das publicações está também dependente dos recursos financeiros e humanos da empresa. Esta deve ainda ser estabelecida para cada rede social em particular, uma vez que cada uma delas tem as suas próprias características.

Conteúdo

Existem 4 tipos de conteúdo a considerar:

  • Conteúdos relacionados com os produtos ou serviços da empresa – engloba a apresentação de novos lançamentos, promoções, destaques e outros que conduzem o utilizador à loja online;
  • Publicações corporativas – que se relacionem com a empresa; divulgação de notícias, atividades ou outros;
  • Conteúdos de informação útil ao consumidor – podem estar direta ou indiretamente relacionados com o produto ou serviço da marca;
  • Publicações que geram envolvimento – alguns exemplos são as mensagens que solicitam interação do utilizador (quizz, challenges, votações), pensadas para gerar interação.

O conteúdo é fundamental para além da gestão das redes sociais, no site ou blog, porque ajuda a ser encontrado online através de técnica. Para isso, deve apostar em peças como artigos para blog, com SEO e seleção de keywords.

Acompanhamento

É crucial verificar permanentemente o impacto de cada publicação, e estar presente, responder a comentários e a interações dos utilizadores.

Existem várias ferramentas de apoio à gestão das redes sociais que permitem monitorizar, planificar as publicações, apresentar métricas e, assim, avaliar a performance da presença online. Como exemplo temos a Buffer, a Hootsuite ou a Everypost.

Saiba porque deve investir nas redes sociais

1. Gerar tráfego para o seu site

Nas redes sociais pode encontrar o seu público. Permite trabalhar a longo prazo uma relação forte e duradoura com as pessoas, aumentando as leads.

As redes sociais permitem segmentar o público através de anúncios, isto é, dividir o seu público em grupos que partilhem as mesmas características.

2. Compreender e conectar

Através das redes sociais é possível estabelecer uma interação direta entre empresa e público.

Com a gestão das redes sociais consegue perceber que produtos estão a comprar e porquê, quais os hobbies dos seus seguidores e que tipo de publicações gostam de partilhar.

Compreender a audiência é uma forma de fazer publicações mais interessantes e identificar problemáticas, levando a um maior tráfego e aumento de taxas de conversão.

3. Envolver o público

Uma presença ativa ajuda a construir um relacionamento com o público. Responder a comentários, esclarecer dúvidas, dar informações relevantes e conteúdos autênticos, vai fazer o seu público sentir que é especial e não apenas mais um número.

4. Construir uma imagem de marca singular

É possível distinguir-se das demais marcas através de um excelente atendimento ou apoio ao cliente. Uma taxa rápida de resposta é crucial nos dias de hoje. O público espera ver os seus pedidos, dúvidas ou problemas resolvidos no imediato.

5. Destacar da concorrência

Quando a empresa interage com o público, cria empatia. Oferecer ajuda, partilhar informações úteis, dar sem pedir algo em troca é uma forma de criar clientes fiéis. Encare o público como pessoas e não apenas como fonte de receita. 

No caso de uma PME deve ter em conta que a baixa frequência de publicações, a falta de tom de comunicação, a partilha exaustiva de produtos ou serviços, são exemplos que não a vão destacar de outras empresas do mesmo setor, presentes nas redes sociais há mais tempo.

Para qualquer empresa, uma boa gestão de redes sociais passa por construir uma base forte, distanciando-se da concorrência. Ainda sobre as PME’s, estas geralmente apresentam uma grande vantagem sob as demais: a autenticidade.

Uma boa gestão das redes sociais impulsiona as vendas

É inegável que as redes sociais são um funil de vendas e, com uma boa estratégia, é possível influenciar a compra dos seus clientes. Um exemplo disso são os blogs, que surgem com artigos explicativos sobre produtos e serviços, com o objetivo de responder às dúvidas dos seus clientes.

Estar presente no mundo digital é hoje quase obrigatório. Ter presença digital é muito mais do que possuir um domínio na web e um perfil numa rede social. É, sim, a forma como a sua marca se posiciona e utiliza os meios digitais para se mostrar relevante e confiável.

Se estiver à procura de formas de iniciar ou melhorar a gestão de redes sociais da sua marca, fale connosco. O OLX tem muitas dicas para partilhar!


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário