Sou Pro

6 formas de publicidade que ainda não conhecia

formas de publicidade que ainda não conhecia

Muitas empresas estão presentes nos canais de divulgação mais conhecidos, esquecendo-se de que existem outras formas de publicidade igualmente eficazes e com muito potencial para explorar. Explicamos como funcionam e como pode tirar o máximo partido de formatos diferentes de comunicação.

1. Social Media Ads

Toda a sua atividade nas redes sociais pode dividir-se em duas categorias: paga ou orgânica (não paga). O trabalho meramente orgânico, como fazer as habituais publicações no feed das suas páginas, não o vai levar muito longe. Porquê? Porque as próprias redes certificam-se disso.

Por exemplo, uma publicação orgânica no Facebook é apresentada, em média, a cerca de 10% dos seguidores de uma página. Este número pode subir um pouco mais se a publicação tiver um número excecional de partilhas. Contudo, este facto significa que, se a sua página tiver 1000 seguidores, apenas 100 vão ver as suas publicações – ficando de fora 900 preciosas oportunidades de divulgação. Como contornar isso? Investindo em publicações pagas, ou seja, em Social Media Ads.

Colocar de lado parte do seu orçamento para anúncios nas redes sociais é a única forma de alcançar uma audiência mais alargada e de aumentar consideravelmente a quantidade de pessoas que terão acesso ao seu conteúdo. Além disso, as redes sociais têm ferramentas inteligentes para direcionar as publicações a um público altamente segmentado – além de poder escolher a idade, género e localização, também pode selecionar os níveis de escolaridade, profissão, interesses e outras variáveis. Não só alcança um público maior, como alcança o público certo.

As redes sociais também permitem encontrar novos públicos semelhantes aos seus clientes atuais, às pessoas que visitam o seu site, e às pessoas que demonstram interesse numa determinada página do seu site. Todas estas opções colocam esta forma de publicidade como uma referência imprescindível no que diz respeito à gestão de publicidade.

2. Blog

Ter um blog no seu site é uma das formas mais eficazes de gerar tráfego e aumentar as suas vendas. Porquê? Porque os seus potenciais clientes não chegam ao seu website por digitarem diretamente o respetivo URL no browser, sobretudo se ainda não conhecem a sua marca. Encontram o seu website porque estão à procura de uma resposta para uma necessidade que tenham. Aliás, o que as pessoas colocam no motor de busca, muitas vezes, é a própria pergunta que têm em mente, como, por exemplo, “como vender mais”. Assim, se escrever conteúdo que responda a essas perguntas, e que tenha precisamente um título que vá ecoar aquilo que as pessoas estão a pensar quando procuram, a sua marca vai ser encontrada nos motores de busca. Se apenas apresentar os seus produtos e serviços, dificilmente fará com que o seu website apareça nas pesquisas.

Além disso, a cada novo artigo de blog publicado, demonstra o quanto conhece da sua área e o quão bem sabe aquilo que os seus clientes precisam. Resultado? Uma posição de confiança e de referência para, quando chegar o momento de o cliente necessitar do seu serviço ou produto, recorrer à sua empresa.

Assim, veja o que a sua concorrência produz e vá mais além. Depois de começar, defina uma periodicidade de publicação que consiga manter no tempo. Tenha um blog recheado de conteúdo válido, valioso, confiável e atualizado, para gerar picos de acessos ao seu site e conquistar novos clientes.

3. Google Ads

O Google Ads é a forma de conseguir melhorar o posicionamento no Google, através da criação de anúncios pagos. O Google apresenta em primeiro lugar o seu anúncio aos utilizadores que pesquisarem pelas palavras-chave que definir. Por isso, é importante avaliar primeiro quais os termos relacionados com a sua atividade que têm maior volume de pesquisa, para que os utilizadores encontrem a sua empresa quando pesquisarem por esses termos.

É também possível fazer publicidade visual no Google, através de banners (Google Display). Isto significa que os seus anúncios visuais vão aparecer em determinados sites que se relacionam com as palavras-chave que definiu – que, normalmente, são sites que têm já um histórico considerável de tráfego, valendo assim a pena usufruir de uma audiência já previamente construída e qualificada.

O mesmo se aplica aos anúncios no YouTube Ads (que também pertence à gigante Google). Com certeza que já terá visualizado anúncios antes ou durante um vídeo nesta plataforma, e essa é mais uma forma de publicidade com grande potencial. Os tipos de anúncios são variados, podendo incluindo bumper, in-stream e video discovery ads.

Os números são impressionantes: 62% dizem que a publicidade os tornou mais propensos a considerar a marca ou produto anunciado. Além disso, 1/3 dos consumidores usam o Youtube não só como entretenimento, mas também como uma forma de encontrar informações sobre marcas, produtos ou serviços. Não restam dúvidas, portanto, sobre a pertinência de apostar nesta forma de publicidade.

4. Google Shopping

O Google Shopping é uma forma de publicidade integrada na pesquisa Google, que apresenta aos utilizadores, de forma muito prática e útil, imagens dos produtos pesquisados, juntamente com detalhes, como o nome do produto, preço, nome da loja e comentários. Na própria página dos resultados de pesquisa, o utilizador consegue ver um carrossel completo de opções. Ao clicar sobre o produto, a pessoa é direcionada à página do anunciante.

Esta forma de publicidade é especialmente útil para quem tem uma loja online e quer aumentar a visibilidade dos seus produtos. Publicitar no Google Shopping é uma boa forma de trazer mais tráfego para a sua loja online e obter visitas já propensas a comprar, aumentando assim probabilidade de finalizar a compra na hora.

Para começar, só terá de criar uma conta no Google Merchant Center e enviar a lista de produtos que deseja vender. Para otimizar os resultados, inclua o máximo de informações possível sobre os seus produtos. Aposte numa boa descrição e use imagens de alta qualidade. É uma boa plataforma para divulgar preços promocionais, na medida em que o público vai comparar, de imediato, o seu preço com o preço da concorrência, fazendo com que o preço mais baixo ganhe.

Artigo relacionado: 7 erros a evitar ao criar uma loja online

5. Facebook Marketplace

Os marketplaces são cada vez mais populares entre os consumidores, e o próprio Facebook já disponibilizou este tipo de publicidade internamente, para os seus utilizadores. Assim, esta que continua a ser a maior rede social do mundo, antes focada apenas na interação social, já se expandiu e disponibiliza agora esta forma de publicidade.

As empresas podem desta forma fazer negócios dentro do próprio Facebook, bastando para isso criar um anúncio dentro do Facebook Marketplace com as informações sobre o produto. Sendo o Facebook Marketplace uma plataforma integrada com a própria rede social, serve-se do histórico dos utilizadores para apresentar sugestões de produtos de forma personalizada. Os utilizadores interessados entram em contacto, negociam e fecham a compra.

6. OLX Business

O OLX Business é a maior comunidade de classificados em Portugal, e faz parte do maior grupo de redes transacionais do mundo, presente em mais de 30 países. Também poderá anunciar nesta plataforma, o que permite às empresas estar em contacto com mais de 7 milhões de utilizadores mensais e 1 milhão de utilizadores de aplicações móveis – um potencial de vendas impossível de ignorar.

As empresas escolhem o OLX Business para publicar e promover os seus produtos e serviços, beneficiando instantaneamente de visibilidade nacional. Esta plataforma disponibiliza também ferramentas específicas e dedicadas ao aumento de vendas. Por exemplo, terá acesso a uma página empresarial com domínio próprio indexado em motores de busca, que pode ser personalizada através de temas profissionais, de acordo com a identidade visual da sua marca.

Uma outra vantagem que vale a pena explorar é o facto de o OLX Business abrir portas para condições de entrega exclusivas, com acesso a preços competitivos e personalizados ao volume do seu negócio. Pode, inclusivamente, fazer as suas entregas num só local e geri-las num portal CTT dedicado. Os seus processos de expedição serão mais cómodos e simples, podendo ainda acompanhar o estado do pacote que está a enviar.

Com o OLX Business, terá ao seu dispor várias estatísticas de desempenho das suas vendas, sendo uma boa forma de conhecer quais são os anúncios mais atrativos, o que mais interessa aos compradores, ou como é que a sazonalidade afeta a sua faturação.

Agora que já conhece mais 6 novas formas de publicidade, é hora dar um novo impulso às suas vendas. Tire o máximo partido destas plataformas de publicidade, expanda a sua visibilidade, fidelize os seus clientes atuais, alcance novos públicos e veja a sua empresa crescer de forma sustentável. Torne-se um utilizador Business e revitalize o seu negócio.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário