Sou Pro

Comunicação interna: como aplicar a melhor estratégia na sua empresa

estratégias de comunicação interna

Teletrabalho, modelos híbridos, equipas distanciadas. Os modelos de organização são cada vez mais diversos e o nível de exigência não para de aumentar. Mas há uma ferramenta que pode ajudar os líderes em qualquer organização a criar um sentimento de pertença – a comunicação interna. Descubra o que é, porque é importante e como implementar de forma prática no seu negócio.

O que é a comunicação interna

A comunicação interna é o processo de manter os colaboradores informados para criar um entendimento partilhado dos objetivos, cultura e valores da empresa. A comunicação interna mantém toda a equipa atualizada e estabelece uma voz de autoridade e confiança e pode estar relacionada com qualquer área da empresa: desde anunciar uma nova política, informar sobre um evento futuro até ao anúncio de um novo cliente.

E não é só para gestores de recursos humanos ou grandes empresas. É também particularmente importante em empresas em rápido crescimento ou em modo teletrabalho. A comunicação interna deve ser implementada por qualquer empresa, por vários motivos.

Porque é importante a comunicação interna

A comunicação interna tem impacto na produtividade de cada colaborador, no trabalho em equipa, e acima de tudo, no sentimento de pertença. Em média, 44% das pessoas sente que a sua chefia não fornece informações claras sobre a visão da empresa e 72% dos colaboradores indica desconhecer a estratégia da organização.

Estas são as principais vantagens da comunicação interna.

Transmitir informações

Pode parecer óbvio, mas nem sempre é fácil de executar. A comunicação interna deve ter um foco não apenas em fornecer informações corporativas, mas também em esclarecer e explicar para que sejam prontamente compreendidas por todos. Selecionar os métodos corretos de comunicação interna é crucial para cumprir este ponto.

Comunicar o propósito do trabalho

Sabia que milhões de pessoas nos países desenvolvidos acreditam que o seu próprio trabalho não tem significado? Ou seja, que não serve qualquer propósito para a sociedade, clientes ou colegas.

O fenómeno é de tal forma expressivo que já existe um termo para o descrever: são os “bulshit jobs”. Uma das missões mais importantes da comunicação interna é contrair esta perda crónica de propósito. Quando os colaboradores estão totalmente informados, são capazes de compreender o impacto do seu papel individual num âmbito mais alargado.

Partilhar a visão

O objetivo da comunicação interna é garantir que todos contribuam para o objetivo comum. As melhores empresas não se limitam a definir a estratégia uma vez por ano, ou criar longas apresentações e reports com uma lista de intenções para o futuro. Pelo contrário, dão voz aos colaboradores todos os dias, para que se crie uma visão partilhada por todos.

Como implementar uma estratégia de comunicação interna

Existem várias formas de criar uma boa dinâmica de comunicação interna a baixo custo. Siga estas boas práticas.

1# Crie ligações internas

Os canais de comunicação interna devem criar ligações entre a liderança e os membros das equipas, entre departamentos e entre colegas individualmente. Esqueça a newsletter mensal e o email do CEO. Para quebrar barreiras, considere uma plataforma de comunicação interna para alcançar todos os colaboradores.

2# Construa confiança

Autenticidade e abertura são a chave para o sucesso. Especialmente em tempos de tensão, é necessário estabelecer uma confiança constante na liderança. Ao comunicar uma mudança ou gerir uma situação de crise, a comunicação deve ser 100% fiável, atualizada e relevante, para que os colaboradores estejam dispostos a enfrentar o desafio.

3# Recolha feedback

Um dos erros comuns da comunicação interna é não ouvir ativamente o que os colaboradores têm para dizer. Ao implementar canais bidirecionais que dão às pessoas uma voz e uma plataforma, já estará a cumprir um dos principais objetivos da comunicação interna.

4# Comunique de forma visual

Numa empresa, 65% dos colaboradores preferem a informação visual (não texto). Os gráficos, esquemas, vídeos e infografias transmitem informações de uma maneira fácil de digerir e deixam uma impressão mais duradoura do que o texto.

Em vez de imprimir posters, passe ao digital: instale TVs, crie uma rede social interna ou intranet (existem várias opções chave na mão), e use-as para exibir uma seleção rotativa de mensagens visuais. Talvez a ferramenta mais simples para começar seja o Workplace by Facebook, a solução da rede social que todos conhecem e que facilita a integração.

5# Partilhe notícias, tendências e insights

A sua equipa não é apenas parte de uma empresa, é parte de uma indústria. Todas as pessoas devem fazer um esforço para estar atualizados sobre as últimas novidades do setor. Incentive a partilha de notícias, tendências de mercado, artigos de opinião e outros anúncios relacionados. E dê o exemplo: ser um agente de mudança tem um efeito poderoso.

Descubra como inspirar com a apresentação de resultados

6# Avalie a motivação

É fundamental acompanhar a motivação geral da equipa – com questionários regulares, NPS (Net Promoter Score) ou até uma publicação simples com duas opções: feliz ou triste. Podem parecer medidas simples, mas já são suficientes para levar ao surgimento de questões, corrigir mal-entendidos e adaptar a estratégia.

7# Não abdique do contacto pessoal

Outro dos erros comuns das empresas que adotam uma nova estratégia de comunicação interna é abdicar dos momentos one-on-one, avaliações pessoais e sistemas de mentores que fazem toda a diferença na motivação e desenvolvimento profissional. A comunicação interna é um facilitador, não um substituto destes momentos.

8# Meça o impacto

Medir o resultado das comunicações internas é o segredo de uma estratégia de sucesso. Quantas pessoas interagem com as publicações? Quantas “gostam” ou comentam? Nunca subestime a necessidade de avaliar continuamente.

O OLX é o parceiro digital das empresas que se preocupam com a motivação das pessoas

O objetivo da comunicação interna não é dizer às pessoas o que fazer. É criar um significado partilhado. Só quando isso acontece é que todos os colaboradores podem comungar dos objetivos da empresa.

O OLX é o parceiro digital das empresas que se preocupam com as pessoas. Ao automatizar muitas das tarefas recorrentes – da gestão de stocks à expedição de encomendas – os colaboradores da sua empresa ganham tempo para se dedicarem às tarefas em que realmente acrescentam valor. E o registo é 100% digital e gratuito. Basta preencher este formulário.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário