Sou Pro

Como vender roupa online: guia de 13 passos

como vender roupa online passo a passo

Para criar um negócio com bom desempenho na área da moda é necessário mais do que uma boa ideia de design. Descubra como vender roupa online seguindo estas 12 etapas essenciais.

Como vender roupa online passo a passo

1# Defina o público-alvo

Para saber como vender roupa online é necessário primeiro definir um público-alvo, o grupo de pessoas que terão mais probabilidade de escolher as roupas ou acessórios que cria.

Faça o trabalho de casa até ter informações como idade, sexo, nível de rendimento, estado civil, localização geográfica, hobbies, interesses, estilo de vida, comportamentos de compra e as empresas com as quais fazem compras atualmente e porquê. Tente perceber quais os problemas que têm nas suas vidas e como pode ajudar a resolvê-los.

O que é um público-alvo?

2# Identifique uma necessidade

O passo seguinte para descobrir como vender roupa online é escolher um nicho em que se vai posicionar. A título de exemplo, imagine que se foca em Cultura pop. O facto de se concentrar nas necessidades específicas de uma subcultura vai permitir à sua marca conquistar um espaço próprio mais depressa.

3# Crie uma linha gráfica

Os clientes valorizam a coerência de estilos nas suas marcas favoritas. Por isso, antes de começar a desenvolver produtos, defina bem a sua linha gráfica – o traço, as cores, as perspetivas e as mensagens que quer transmitir com a sua roupa.

4# Comece a criar

Quando a maioria dos empreendedores pensa em como vender roupa online, esta é a parte que normalmente imagina – a etapa em que dá largas à criatividade. Aqui estão algumas coisas que deve ter em mente ao projetar uma linha de roupas:

  • Não comprometa os materiais e a qualidade do produto. Não prescinda na qualidade é essencial.
  • Crie as suas próprias amostras. Uma compreensão exaustiva do processo ajuda a gerir os negócios com mais tranquilidade, especialmente durante a negociação de custos com o fabricante.
  • Defina as especificações técnicas. Com o conhecimento do processo virá também informação técnica importante – como medidas, materiais e acessórios.
  • Garanta a sustentabilidade. A preocupação com o ambiente não é uma parte secundária do processo. Atualmente, os clientes exigem que as marcas demonstrem na prática a preocupação com o planeta.

5# Mantenha-se flexível

As tendências da moda estão em constante mudança. Escolha produtos estáveis em primeiro lugar, que podem ser facilmente alterados para se adequar aos estilos em mudança.

Se decidir evitar os produtos mais correntes, prepare-se para a mudança criando uma loja que se adapte, e evite fazer pedidos muito grandes aos fornecedores. Privilegie a flexibilidade.

6# Antecipe as tendências

Apesar de todos os avanços logísticos e de produção, o tempo que decorre desde o desenho da coleção até à produção de amostras, e primeiras produções, pode ser longo. Portanto, quando começar a desenhar, não pense apenas no que tem mais procura hoje. Tente antecipar o que será mais procurado no espaço de alguns meses.

7# Crie uma relação próxima com os fabricantes

Para poupar custos enquanto descobrem como vender roupa online, muitos desenhadores e fashion designers optam por grandes fabricantes, muitas vezes situados noutros países, que podem nunca conhecer pessoalmente.

No entanto, numa fase inicial, é importante criar uma boa relação, de proximidade, com os fornecedores que podem ter boas ideias para o ajudar a melhorar. Evite a tentação de poupar no início se isso significar que não pode acompanhar o processo de produção em detalhe.

8# Experimente a baixo custo

Para saber o que funciona, nada como experimentar. Primeiro, peça aos fornecedores algumas amostras que pode utilizar para colocar na loja online e no perfil do OLX. Se isso não for possível, por restrições de quantidades mínimas de produção, coloque online os seus desenhos gráficos, sobrepostos em peças de roupa, para avaliar a reação do público.

9# Tire boas fotografias

Uma foto única não vai funcionar – os clientes desejam ver os produtos de todos os ângulos, de perto e à distância, para tomar uma decisão informada.

As roupas devem ser fotografadas em modelos, quando possível, ou num manequim. As fotos devem ser de alta qualidade e apresentar tecidos, detalhes na frente, nas costas e nas laterais, e até mesmo opções de estilo, quando possível.

Não basta pegar no smartphone e tirar algumas fotos; as fotos devem ser profissionais. Se as fotos parecerem amadoras, os compradores podem presumir que os produtos também o são.

7 dicas para uma fotografia de produto que converte

10# Crie descrições entusiasmantes

As descrições dos produtos fazem toda a diferença. Para além de passarem a informação essencial (incluindo porque o devem escolher a si), é importante que contenham uma narrativa com a qual o cliente se identifique. E servem a ainda um propósito de SEO – a função que permite que o Google encontre o seu site. Quando as descrições não são robustas e não usam palavras-chave, a sua loja não aparecerá nos primeiros resultados do motor de busca.

11# Defina o preço

Como vender roupa online sem escolher um preço adequado? Para chegar ao preço certo, é necessário ter um bom entendimento sobre o custo total dos produtos – incluindo materiais, mão-de-obra, produção e marketing.

Também deve considerar as despesas gerais de funcionamento da loja: os alugueres, custos de envio e salários.

Independentemente de como decidir o preço, certifique-se de considerar também quanto o público-alvo estará disposto a pagar. Podem ser necessárias algumas experiências e pesquisa de mercado para encontrar o preço perfeito.

12# Defina um objetivo

Antes de lançar o produto ao mercado, estabeleça um objetivo de vendas mensurável. Por exemplo, aumentar a receita em 20% a cada trimestre durante o primeiro ano. Este tipo de meta orientada ao crescimento ajuda a garantir que não escolhe números financeiros arbitrários que simplesmente não são alcançáveis.

13# Promova o trabalho

O email marketing é um dos canais de comunicação mais eficazes – com um retorno médio de 42 € por cada euro gasto. Para além do email marketing, não dispense as redes sociais no lançamento de um novo negócio. Crie uma imagem cuidada e comece por partilhar com os amigos, familiares e, se possível, com influenciadores selecionados.

Aprender como vender roupa online pode ser um desafio, especialmente sem ajuda. Felizmente, o OLX Pro é o parceiro digital de todos os empreendedores que querem começar a crescer online, sem burocracias.

Comece por registar o seu perfil no OLX Pro e personalizar a sua loja dentro do nosso site. Depois, comece a vender sem pagar comissões sobre as vendas e aceda à nossa parceria com os CTT para tratar dos envios sem sair de casa.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário