Sou Pro

5 perguntas para saber se chegou o momento de empreender

5 perguntas para saber se chegou o momento de empreender

Começar um negócio pode ser uma das experiências mais gratificantes da vida. É uma oportunidade de perseguir uma paixão e tomar as rédeas do próprio destino. Para não falar do benefício potencial a nível económico.

Apesar do apelo óbvio, pode ser difícil encontrar o momento certo para começar, entre a vida familiar, uma carreira estável de longo de anos, e as circunstâncias de cada um. Como saber então se está pronto para empreender?

Na lista abaixo, reunimos 5 perguntas que todos os potenciais empreendedores devem responder em consciência para saber se é chegado o momento. Se está a pensar seriamente em começar um negócio, percorra a lista.

5 perguntas para saber se está pronto para empreender

1# Está preparado para o estilo de vida de um empreendedor?

Ser um empreendedor não é um trabalho das 9 às 5. É um estilo de vida full-time onde o líder é a marca e raros são os momentos em que pode desligar completamente. Empreender vai consumir uma grande parte da atenção e energia que normalmente era dedicada a outros aspetos da vida, como a família e amigos.

É importante ter a certeza de que está a tomar esta decisão pelos motivos certos. Quem começa apenas para ganhar dinheiro, terá mais difícil lidar com os obstáculos e manter a resiliência. Mas, se a vontade está lá, a ideia também e a visão de construir algo único continua firme, é porque pode estar na hora de avançar.

Transforme o seu hobby num negócio rentável

2# Tem as competências para se destacar no mercado?

Os pontos fortes e as paixões do empreendedor são a base de qualquer negócio de sucesso. Sem esta fundação, dificilmente conseguirá ultrapassar as primeiras dificuldades.

Por exemplo, se reconhece que tem capacidades de liderança, gestão de equipa, gestão financeira e comerciais, pode ter algo em cima do qual construir um negócio. Mas é necessário ir um pouco mais longe e identificar as competências específicas que são necessárias para o sucesso do negócio a que se propõe. 

Por exemplo, quem pretende lançar uma empresa na área de tecnologia, deve ter os conhecimentos básicos de programação. Se vai lidar com instituições governamentais, ajuda ter conhecimentos prévios dos seus mecanismos internos e funcionamento. Não é que seja impossível aprender estas competências “on-the-job”, mas os líderes que partem com esta experiência de gestão e na indústria em que se vão lançar, têm uma vantagem clara e maior probabilidade de sucesso.

3# Gosta genuinamente do que se propõe fazer?

A maioria dos empreendedores de sucesso adoram o que fazem. De Mark Zuckerberg, a Steve Jobs ou Richard Branson, as pessoas que normalmente usamos como imagem mental de um empreendedor são verdadeiros apaixonados pela missão das organizações que lideram.

Se pudesse escolher qualquer coisa no mundo para fazer, seria algo semelhante ao que agora propõe construir? É algo que se veja a continuar a fazer nos próximos 5, 10, 20 anos? Se gosta genuinamente do negócio que quer construir, se o motiva, vai ter mais energia para aguentar os longos dias de trabalho que são necessários para empreender.

4# O mercado está a pedir a solução que propõe?

Os melhores negócios surgem, na maior parte das vezes, no momento certo. Os exemplos abundam. A Uber identificou uma “dor” comum a muitas pessoas que ainda não tinha solução. A ideia surgiu no momento certo: a proliferação da internet e dos smartphones, o crescimento do turismo, a familiarização das pessoas com as pontuações online.

O mesmo aconteceu com o OLX, vários anos antes. O maior marketplace de Portugal nasceu durante a infância da internet em Portugal, em que o número de utilizadores crescia a ritmo acelerado. Em retrospetiva, é fácil ver que existia uma necessidade clara dos portugueses por um site que permitisse comprar e vender um pouco de tudo, diretamente entre utilizadores.

Mas ver a oportunidade no momento certo é (bem) mais difícil, e atuar em conformidade está apenas ao alcance de visionários. Hoje, com mais de 15 milhões de visitas mensais ao site, é o maior site de classificados do país e o melhor sítio para dar visibilidade a um negócio.

O timing importa. Se sente que o mercado está a pedir o que tem para oferecer e consegue suportar o feeling em números, pode estar na hora de empreender.

OLX Pro: tire partido do maior marketplace português

5# A ideia de negócio é sólida?

Não existe uma fórmula secreta para gerar ideias de sucesso. Mas existem algumas boas práticas e sinais de alerta. Para avaliar se a ideia de negócio tem potencial, verifique primeiro se é eficaz, ou seja, se resolve um problema concreto para um cliente real.

Depois, avalie o mercado em que pretende atuar. Quanto vale em Portugal? Quantos são os possíveis compradores?

Em seguida, estude os fluxos de receita. Existe potencial de negócio e um fluxo de receita claro? Quanto precisa para começar e para se aguentar nos primeiros tempos? Qual a rentabilidade projetada para o negócio? Tem uma margem confortável ou é tudo demasiado tangencial e suportado em pressupostos frágeis?

Se a resposta a estas perguntas o satisfaz, cumpre os requisitos mínimos para empreender. Mas não substitui a criação de um plano de negócios detalhado.

Depois de responder a estas 5 perguntas, está em melhores condições para saber se chegou a hora de empreender.

Se for para avançar, a forma mais simples é com o OLX. Para o ajudar a arrancar, criámos o OLX Pro, o portal dedicado às empresas que procuram um novo canal de vendas.

Ao vender no OLX, não paga comissões sobre as vendas, tem acesso ao maior marketplace do país, com 80.000 consumidores diários, e conta com a parceria entre o OLX e os CTT para facilitar a gestão dos envios.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário