Sou Pro

Como garantir que a sua empresa mantém a produtividade no trabalho remoto?

Muitas pesquisas apontam para que a produtividade dos colaboradores que trabalham remotamente aumente, uma vez que já não se coloca em questão a deslocação para o trabalho, poupando-os a um maior cansaço ou stress.

Contudo, é necessário criar estratégias para garantir a produtividade de todos os colaboradores e, consequentemente, da sua empresa.

5 dicas para manter a produtividade a trabalhar a partir de casa

1. Criar regras

Em todo o lado torna-se fundamental ter regras definidas, principalmente num trabalho em equipa. Importa definir desde cedo como se vai realizar a comunicação, como e quando vão ocorrer as reuniões da empresa, delegar tarefas e etapas do trabalho pelos colaboradores, entre outras.

2. Manter rotinas

Trabalhar em casa é compatível com a articulação com outras tarefas que não estariam disponíveis se o colaborador estivesse na empresa, num posto de trabalho fixo fora de casa. No entanto, para que a flexibilidade não pese demasiado na balança, é importante que se sigam determinadas rotinas, a começar pelo horário habitual de trabalho. A pontualidade para as reuniões ou video-chamadas da empresa é crucial.

3. Planear tarefas diárias

O planeamento diário das tarefas a realizar permite evitar atrasos e a acumulação de tarefas. Neste planeamento também deve estar contemplada a comunicação entre a equipa, pois, para manter a produtividade, um colaborador não pode estar sempre a ser interrompido com chamadas constantes.

4. Disponibilizar ferramentas para o trabalho em equipa

Esta dica pode antecipar uma pequena formação sobre as diferentes ferramentas disponíveis, que podem ser ajustadas à necessidade da empresa e dos colaboradores.

Escolhemos três que incluem a agilidade e facilidade na comunicação de equipa e auto-disciplina.

  • Trello – plataforma que permite um trabalho em equipa de forma simples e organizada, com recursos como calendário, atribuição de tarefas a diferentes membros, entre outras;
  • Pomodoro – uma ferramenta de gerenciamento de tempo que se sustenta na teoria de que as pausas frequentes podem aumentar a agilidade mental. Neste caso, existe um contador de tempo que marca o período de trabalho e de intervalos, sendo totalmente personalizável;
  • Google Now – um aplicativo que pode ser utilizado em smartphones, tablets ou computador, e que desempenha o papel de um assistente pessoal. É possível criar listas de tarefas, fazer pesquisas online, enviar mensagens, fazer chamadas ou anotações.

5. Ouvir e estar presente

Não é por estar fisicamente distante da sua equipa de colaboradores que tem de existir um distanciamento pessoal. É importante que ouça os seus colaboradores, que se aperceba das suas dificuldades e do que os motiva, para que consiga ter colaboradores sãos e felizes. Colaboradores insatisfeitos irão, sem dúvida, ter reflexos de uma produtividade baixa. A escuta ativa fará de si um líder preocupado e interessado no bem-estar de toda a empresa e não apenas em resultados.

Comece por reuniões rápidas de manhã ou sempre que considerar necessário, e dê uma motivação à sua equipa. Tenha confiança nos seus colaboradores e o ambiente de trabalho será naturalmente positivo, o que será repercutido na produtividade geral da empresa.

O trabalho a partir de casa, acompanhado de uma liderança transparente, ajuda a empresa e o colaborador. Ao longo da última década, registou-se um aumento da flexibilidade do mercado e as empresas e líderes encaram que há aqui uma oportunidade para aumentar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Através do OLX poderá não só divulgar as vagas na sua empresa, como os seus
serviços. Portanto, faça o seu registo e vamos, juntos, espalhar a palavra.

Estratégias de liderança em trabalho remoto

Nos últimos tempos, a evolução do trabalho tradicional permitiu que as organizações e os seus líderes se tornassem mais flexíveis. Tornaram-se também mais conscientes do impacto positivo que o modelo do trabalho remoto traz para os colaboradores e respetivas famílias.

Sejam por uma mudança organizacional ou por motivos de força maior, como a pandemia pelo novo coronavírus, responsável pela Covid-19, várias foram as empresas que continuaram a sua atividade aderindo ao trabalho remoto. As empresas passam pelo desafio de procurar formas para dar às suas equipas mais flexibilidade, investindo em soluções tecnológicas que permitam garantir a sua produtividade, independentemente do momento e do local onde se encontrarem a trabalhar.

Para que o modelo funcione, é importante construir e manter relações fortes com as pessoas, reunir ainda que virtualmente e definir regras transparentes, comunicando de forma constante, para estabelecer uma forte cultura empresarial. Enquanto líder, pode promover uma comunidade, mesmo que seja online e através da tecnologia, que é inestimável para manter a comunicação simplificada através da distância.

Para uma estratégia de trabalho remoto bem-sucedida a chave é manter uma forte cultura interna da empresa, onde os futuros líderes criam laços com a sua equipa e as empresas mantêm uma abordagem coesa e comprometida com os colaboradores. A estratégia parte desde o momento do recrutamento e pode ser significativamente gratificante para os empregadores e funcionários. A cultura da empresa passa para o cliente, com o qual a equipa não pode perder o foco e com quem deve manter a conexão, para obter os resultados esperados pela empresa.

Todo o trabalho remoto pode ser bastante produtivo se todos os colaboradores tiverem conhecimento das expectativas das empresas, se houver espaço para criar processos individuais de trabalho e se forem traçadas estratégias.

O trabalho a partir de casa está facilitado pelo avanço tecnológico e é o caminho do futuro. Se as empresas apostarem nas suas pessoas e se lhes dedicarem algum do seu tempo, vão poder contar com a produtividade máxima de cada colaborador, porque estes vão querer estar comprometidos com a empresa que representam.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário