Sou Pro

Como escolher o coworking ideal para a sua empresa

Como escolher o coworking ideal para a sua empresa

Cada vez mais empresas, de startups a grandes organizações mundialmente reconhecidas, estão a adotar o coworking como forma de aumentar a produtividade, reduzir custos, promover a criatividade e combater o isolamento intelectual. Descubra todas as vantagens e como escolher o local perfeito.

As vantagens do coworking

Se precisa de um escritório para si e para uma equipa em crescimento, o processo típico de procurar, escolher e fazer a mudança pode demorar semanas ou meses. Normalmente, tem custos avultados e envolve assinar um contrato de longo prazo com pouca flexibilidade. E implica ponderar fatores muito diversos: os tempos de deslocação casa-trabalho, os serviços envolventes, definir quem trata da segurança e da manutenção, entre muitos outros. Nada disto faz parte do core business da empresa, mas tudo tem impacto no desempenho da equipa e resultados finais.

O coworking é uma alternativa mais simples. Trata-se de um espaço alugado num escritório partilhado com pessoas de várias organizações diferentes – desde gigantes como a Mercedes ou Google até pequenos negócios artesanais.  Num espaço de coworking, pode aproveitar ao máximo o fator comunidade. Conhecer os vizinhos e participar em encontros com profissionais do setor. Tudo depende do tempo e energia que puder dedicar a construir esta rede de contactos – num coworking, nunca se sabe quem poderá conhecer ou o que poderá aprender.

Isto permite que tenha um espaço de escritório adequado às suas necessidades, que não tenha de se comprometer com um contrato por vários meses ou anos e que faça com que os colaboradores se sintam mais confortáveis num ambiente normalmente mais descontraído, inspirador e produtivo. Em coworking, teletrabalho não significa estar confinado em casa. Descubra o que ter em conta para escolher o espaço perfeito.

8 ferramentas essenciais no trabalho remoto

O que ter em conta ao escolher um espaço de coworking para empresas

O processo de escolher um coworking, apesar de ser mais simples do que o de um escritório tradicional, deve ainda assim ter em conta vários fatores. Estes são os mais importantes, para além do preço.

1# Localização

A localização de um espaço de coworking deve ser um fator chave no processo de tomada de decisão e vai determinar o tempo que é gasto no transporte. Isto significa um local que não é apenas perto de casa, mas também um sítio para onde se pode deslocar facilmente, com bons transportes públicos e estacionamento. Se tem que visitar clientes regularmente, a sua localização também deve ser um fator chave.

2# Serviços

Outro ponto importante a considerar é o que está à volta do coworking: os serviços como restaurantes, cafés, creches, escolas e supermercados.

3# Design

O design do espaço de trabalho partilhado é outro fator importante a considerar. Procure um espaço onde se sinta inspirado para trabalhar. O design impulsiona a inovação e os melhores espaços de coworking refletem isso. Como geralmente não pode reorganizar e personalizar o espaço da mesma forma que faria num escritório particular, é importante que se sinta satisfeito com o design existente e com o layout.

4# Mentoria

Alguns espaços de coworking oferecem serviços de mentoria. Desde apoio técnico em áreas como direito e contabilidade, em que pode não estar tão à vontade, a consultoria de negócios para avaliar a melhor forma de entrar num novo mercado ou testar um produto inovador. Estes serviços podem ajudar a colmatar conhecimentos e ganhar confiança.

5# Eventos

Da mesma forma, muitos espaços organizam eventos, conferências, seminários e talks que reúnem especialistas num dado setor. São excelentes oportunidades de networking e aprendizagem, que podem ser importantes para o futuro da empresa de formas imprevisíveis.

6# Outras empresas

Na escolha de um espaço de coworking, terá vantagem em optar por um local em que existam outras empresas a atuar no mesmo setor para que possa realmente beneficiar destas experiências e ligações.

Percorrer a lista de outras empresas “incubadas” no mesmo coworking já ajuda a perceber o ambiente que lá se vive. Por exemplo, existem espaços em que a maioria das empresas atua no setor da tecnologia, outros mais vocacionadas para receber empresas do mundo da arte e cultura, e outros que tendem a receber quase exclusivamente freelancers.

7# Flexibilidade

Outro aspeto a ter em conta é a facilidade para modificar o espaço de trabalho. Um coworking deve acomodar a expansão da equipa ou a redução do espaço necessário com o mínimo de desperdício de tempo.

8# Personalização

Embora existam muitos fornecedores de espaço de coworking no mercado que o podem ajudar a aumentar a escala, poucos oferecem a liberdade de personalizar os layouts. Os melhores coworkings oferecem opções de personalização usando recursos como paredes de vidro móveis e secretárias móveis. Desta forma, um espaço de coworking pode crescer consigo.

9# Conforto

A qualidade dos materiais, das cadeiras e secretárias, do soalho às casas de banho, é essencial para se sentir confortável. Avalie também o nível de silêncio no espaço (determinado pelo número de pessoas, proximidade entre mesas e qualidade isolante dos materiais) e a presença de espaços exteriores para poder apanhar ar. E pense onde irá ter vídeo chamadas ou telefonemas mais longos em que precise de falar à vontade.

10# Funcionalidades

O espaço de coworking deve ter todas as principais comodidades que espera do seu local de trabalho. Invista algum tempo para comparar as opções com base no que realmente precisa como Wi-fi, impressora / scanner, armários, gestão de correio, aluguer de salas de reuniões, aquecimento, ar condicionado e ainda cantina.

11# Segurança

Quando se trata de espaço de trabalho partilhado, a segurança deve ser uma das primeiras prioridades. Prefira espaços com uma política de segurança, porteiros, controlo de acessos, videovigilância e cibersegurança.

12# Horário de trabalho

Procure espaços de coworking que se ajustem às suas rotinas. Se está à procura de horários de trabalho flexíveis, escolha que funcione 24 horas por dia, 7 dias por semana.

13# Equipa de gestão

Regra geral, os espaços de coworking mais pequenos são mais confortáveis e flexíveis, especialmente se o espaço for gerido diretamente pelo proprietário.

14# Período de teste

Além da equipa de gestão, um período de teste é uma boa maneira de sentir o espaço antes de se comprometer. Pergunte se tem direito a meio-dia de teste gratuito ou uma espécie de “período de carência” durante o qual você cancelar o contrato.

15# Tipos de espaço

Um espaço de coworking geralmente oferece três tipos de aluguer: mesas dinâmicas, em que não há lugares reservados e pode ou não ter um lugar disponível, fixas, reserva uma secretária num open space para si e escritórios ou cabines, um espaço isolado dentro do coworking. Dependendo da dimensão da equipa e necessidade de trabalharem juntos, as preferências podem variar.

Conclusão: encontre o espaço de coworking no OLX 

O coworking tem vindo a conquistar cada vez mais adetos entre colaboradores e gestores, de startups a grandes empresas. Todos foram cativados pelo potencial de colaboração e crescimento, um bálsamo contra o isolamento do teletrabalho. Para escolher o local perfeito, existem pelo menos 15 fatores a considerar, para além do preço.

No OLX, encontra dezenas de opções de espaços de coworking para todas as necessidades.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário