Sou Pro

Como desenvolver uma ideia de negócio

Jovem a desenvolver uma ideia de negócio

Uma ideia de negócio difere-se das demais quando surge a questão: “como é que não me lembrei disto antes?”. No entanto, não existe uma fórmula mágica para gerar insights de novos negócios, e o caminho passa por não ter medo de sonhar e ter várias ideias.

Não basta ter uma excelente ideia de negócio. Para que esta funcione e tenha sucesso é necessário que seja bem executada e, isso passa por uma variedade de estratégias e ferramentas.

Porquê, o quê, e como

É fundamental que consiga responder a três questões sobre a sua ideia de negócio: “Porquê?”. “O quê?”, “Como?”.

  • Porque faz – A contribuição da ideia para impactar a vida dos outros; o potencial para gerar empatia e inspirar. A missão a que se propõe.
  • O quê – O produto, as características técnicas, os materiais e especificações.
  • Como – A abordagem que vai seguir para fazer da ideia uma realidade.

Responder de forma clara a estas três questões vai permitir-lhe tomar decisões fundamentadas e confiáveis.

Passo-a-passo da ideia à realidade

1. Estude a viabilidade

Passe a ideia para o papel. Isto ajuda a visualizar melhor o negócio que pretende criar. Comece por acrescentar o que é essencial para que funcione. Estes pequenos passos são o início da construção de um plano de negócios.

É importante conversar com pessoas entendidas no assunto ou área da sua ideia de negócio. Se tiver oportunidade de falar com pessoas que já estiveram envolvidas no ramo, absorva as informações valiosas e mais imparciais. Procure quem lhe pode servir de inspiração ou referência.

Para implementar a sua ideia de negócio precisa de analisar a sua viabilidade, em diversos como: profissional (avaliar as suas capacidades), comercial (avaliar se existe mercado), técnica (analisar se é possível ser feito), legal (se é permitido) e económica (se é rentável).

2. Procure reações

É importante verificar se a sua ideia de negócio tem espaço no mercado, pois só terá sucesso se responder a alguma procura latente. Muitos empreendedores são naturalmente sigilosos no que toca às suas ideias mas é importante trocar impressões com um grupo restrito de potenciais clientes próximos, numa fase inicial.

O consumidor final é importante nesta fase, pois pode dar um feedback sobre a aceitação ou rejeição de determinado serviço ou produto. Pode partilhar o assunto junto de um grupo próximo, sondar a sua opinião e aproveitar para aprimorar a ideia.

3. Pesquise parcerias

Consoante o setor em que incide a sua ideia de negócio, pode existir a necessidade de ter profissionais de áreas específicas para arrancar – como, por exemplo, programadores para criar a loja online e site.

Nesta fase pode avaliar a vantagem de ter algum parceiro no seu negócio, alguém que absorva o conceito e queira trabalhar consigo.

4. Defina um pitch

Um pitch, isto é, um discurso de venda, deve ser claro e bem definido, para conseguir apresentar o seu projeto em reuniões e eventos.

Estude bem o que pretende apresentar e defina com clareza a mensagem que quer passar. Treine o seu discurso, estude todas as possíveis questões ou dúvidas, para que consiga manter um pitch implacável.

5. Divulgue o projeto

Faça uma lista de pessoas que conhece e considera que o podem ajudar a construir o negócio. Podem ser da mesma área ou pessoas com experiência. Isto vai permitir aprender dicas essenciais.

Ao longo do ano, existem vários momentos importantes em que pode divulgar a sua ideia de negócio. Os meetups são um exemplo de oportunidades que estimulam o networking e a troca de conhecimento entre determinadas áreas.

Esteja presente em eventos da área, para conhecer quem nela trabalha e criar uma rede de contactos interessante e valiosa.

6. Estabelecer metas

Para que a ideia de negócio não demore a levantar voo, opte por definir metas, e as datas em que pretende alcançá-las. Em seguida, crie várias metas intermédias, isto é, os pequenos passos que precisa de fazer antes de chegar à meta final.

Seja realista e considere metas alcançáveis. Alguns pequenos primeiros passos podem ser: definir um nome, um logótipo, um website, criar o perfil nas redes sociais, registar o projeto, fazer a 1ª venda e por aí adiante.

7. Executar as tarefas até ao fim

De cada vez que atingir um objetivo, vai sentir-se mais motivado a continuar. Uma forma de criar motivação todos os dias é concluir um passo ou tarefa. 

Sempre que alguma ficar por fazer ou não der certo, tente aprender com a situação – faça o post-mortem ao que correu mal e analise o que podia ter feito melhor. Procure rever bem o seu papel, e não distribuir a culpa a outros, ou ao contexto. Sempre que concluir com sucesso, celebre!

8. Manter o foco

Em vez de fazer várias tarefas ao mesmo tempo, foque-se numa de cada vez. Diluir o foco pode destruir pequenos negócios, uma vez que facilita a passagem de pormenores que podem fazer toda a diferença para o sucesso.

5 ferramentas úteis na hora de lançar a sua ideia de negócio

  • Sebrae Canvas: É uma ferramenta que permite a qualquer empreendedor desenvolver o seu modelo de negócios ou, até repensar um modelo já existente. Permite a interação entre os usuários, avaliar, comentar e partilhar o seu canvas virtual.  Dá acesso a diversos modelos de canvas para inspirar a sua própria criação. Pode ser utilizada em qualquer lugar e a qualquer momento, sem necessidade de instalação.
  • MarketUP: É um software em nuvem, que pode aceder através de um registo gratuito. Serve para a gestão de pequenos negócios, permite o acompanhamento de finanças em tempo real e acesso a relatórios completos. Disponibiliza uma Loja Virtual, que fornece um sistema de vendas gratuito para que os pequenos negócios atendam melhor seus clientes. Possibilita o controlo de stock e a emissão gratuita de notas fiscais.
  • Google para PMEs: O site da Google surge para ajudar empreendedores a dar os primeiros passos e a colocar o seu negócio online. O registo implica apenas as informações básicas do negócio e determina os seus objetivos. Posto isto, recebe um plano personalizado com um passo a passo de como usufruir das ferramentas do Google para atingir os seus objetivos e expandir a sua presença online.
  • Google Primer: Essencial para quem está a começar e para quem já está online, mas pretende aprimorar a sua presença e estratégia. Este aplicativo gratuito reúne aulas sobre marketing digital, englobando matérias sobre publicidade, conteúdo, métricas e estratégia.
  • Google Ads: Para quem já tem presença online, uma opção viável é a ferramenta Google Ads. Através de campanhas inteligentes de custo variável, é possível que pequenas e médias empresas criem publicidade automatizada. De acordo com os seus objetivos de negócio, a ferramenta permite atrair clientes ou levar mais consumidores a fazer compras de serviços ou produtos, através do seu site.

O passo seguinte: encontrar investimento

Se o seu negócio exige financiamento de terceiros e a sua ideia de negócio apresenta validade, o próximo grande passo é encontrar investidores que ajudem na sua execução.

Para o investidor será importante:

  • A experiência do empreendedor com outros negócios ou empresas
  • O diferencial que o projeto apresenta
  • O potencial de inovação
  • O tipo de mercado que o produto ou serviço aborda.

Profissionalize a sua ideia de negócio

Para fazer o seu negócio evoluir construa um plano de negócios detalhado. Faça uma análise financeira e considere diferentes estratégias até encontrar a ideal para si. 

Conheça o seu público-alvo, os seus hábitos de consumo. Aprenda a atrair o consumidor, ofereça produtos e serviços de relevância.

Seja criativo, aproveite a internet e marque presença online. Disponibilize-se para uma aprendizagem constante, através de cursos online, formações ou pelo contacto com pessoas experientes em implantação de negócios.

No OLX encontra vários anúncios de serviços a que pode recorrer para a implementação da sua ideia de negócio. Para o impulsionar, aproveite a divulgação nesta plataforma, com mais de 1.9 mil milhões de visitas mensais, pelo acesso via web ou smartphone, através da aplicação disponível no Google Play.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário