Sou Pro

Anúncios Facebook: vale a pena pagar?

vale a pena comprar anúncios no Facebook

Em 2022, o número de utilizadores ativos no Facebook atinge o expressivo número de 2,93 mil milhões ou 36% da população mundial. Se fosse um país, era de longe o mais populoso do mundo e, apesar das ameaças de novas plataformas, a verdade é que continua a ser a maior rede social do planeta.

No entanto, as visitas à plataforma têm vindo a diminuir a cada mês desde Fevereiro de 2021, o ritmo de crescimento tem vindo a abrandar, bem como o número de anúncios que um utilizador vê por dia (que desceu de 40 para 30, em média, num só ano), e o custo de aquisição aumentou mais de 37% de 2020 para 2021. Perante este cenário, será que ainda vale a pena pagar anúncios no Facebook?

Porquê comprar anúncios no Facebook?

O principal motivo para a sua empresa estar no Facebook é o facto de esta ainda ser a maior rede social do mundo. Mas há outros.

1. O Facebook é a maior rede social do mundo

Contra números, não há argumentos. São 2,93 biliões de utilizadores ativos que têm um perfil no Facebook. Além disso, cada utilizador passa, em média, 33 minutos por dia no Facebook. Mais nenhum outro meio de comunicação com números tão expressivos, pelo que seria negligência não tirar partido desta vasta audiência repleta de potenciais clientes.

2. A concorrência já está no Facebook

Fazer algo só porque a concorrência também o faz pode não ser sempre uma boa prática, mas, neste caso, ficar atrás implica perder oportunidades preciosas para se destacar, sobretudo se a concorrência estiver a fazer um uso eficaz do Facebook. Assim, estar presente nesta rede é uma forma de não ser ultrapassado e de manter a marca viva e presente na comunidade, com uma boa estratégia de conteúdo.

3. A empresa obtém uma boa reputação

O Facebook disponibiliza uma oportunidade única para a sua marca se apresentar como se fosse uma pessoa: disponível, atenta e empenhada em resolver os problemas dos clientes. É uma forma de humanizar o seu negócio e de atrair o público com valores equivalentes à cultura da sua empresa. Pelo caminho, constrói uma imagem de confiança, segurança e autoridade, aumentando a probabilidade de o público preferir a sua marca.

4. O Facebook oferece possibilidades de segmentação

O Facebook tem ao dispor várias ferramentas inteligentes para gerir a forma como faz publicidade. Através dos anúncios de Facebook, poderá aumentar o seu alcance e dirigir a sua comunicação para um público altamente segmentado, escolhendo fatores como a idade, género, localização, níveis de escolaridade, profissão ou interesses.

Merece especial destaque também a possibilidade de encontrar novos públicos: semelhantes aos seus clientes atuais, às pessoas que visitam o seu site, ou às pessoas que demonstram interesse numa determinada página do seu site.

5. É possível começar com um investimento reduzido

Investir em anúncios de Facebook continua a ser muito mais barato do que nos media tradicionais. É possível, com apenas 10 euros, alcançar 10.000 pessoas, pelo que desde logo é uma grande vantagem comparativamente a anúncios de rádio, publicidade em televisão, outdoors e outros media tradicionais para atingir o mesmo público. É certo que o retorno será proporcional ao investimento, mas os valores envolvidos são acessíveis a empresas de todas as dimensões.

6. Acesso a estatísticas avançadas

Fazer anúncios no Facebook permite aceder a estatísticas avançadas para avaliar, com dados concretos, os resultados das campanhas e medir o retorno sobre o investimento. Métricas tão importantes e decisivas quanto o número de impressões, pessoas alcançadas, pessoas envolvidas, taxa de interação ou custo por resultado permitem tomar decisões estratégicas e inteligentes.

Artigo relacionado: 7 KPI de ecommerce para medir o sucesso da sua loja online

Anúncios Facebook: quais as limitações?

Apesar de todas as vantagens, existem limitações óbvias de anunciar numa plataforma com tanta concorrência como o Facebook. Estas são as principais.

1. O custo de aquisição digital está a subir

Longe vão os tempos em que todos os seguidores de uma Página de Facebook viam todas as suas publicações. Mesmo tendo uma estratégia consistente de conteúdo, fazer publicações sem investir em anúncios não o vai levar muito longe – e o Facebook certifica-se disso. Por defeito, uma publicação apenas é apresentada a cerca de 10% dos seguidores de uma Página, o que significa que, se tiver 10.000 seguidores, apenas 1.000 visualizarão o seu conteúdo. Com cada vez mais marcas neste canal, o custo de aquisição de novos clientes está a subir. O custo por aquisição médio passou de $19 em 2020 para $27 em 2021 uma subida de perto de 37%.

2. A complexidade está a aumentar

Meta Business Suite, Facebook Manager contas de anúncios, gestor de anúncios. Com cada vez mais funções, surge também uma panóplia de ferramentas para gerir a complexidade que podem trocar as voltas a gestores de ecommerce menos preparados. Há várias formas de publicação, de analisar estatísticas, de controlar gastos, e de otimizar campanhas e anúncios que estão em constante mutação e que exigem tempo para serem dominadas.

3. Os utilizadores não confiam no Facebook

Cerca de 72% dos utilizadores do Facebook não confiam que a plataforma proteja a sua privacidade ou os seus dados. É importante ressaltar que esse número é muito superior ao de 2020, quando apenas 47% sentiam que o Facebook não fazia o suficiente para manter os seus dados privados.

Dicas extra para as empresas terem uma boa presença no Facebook

Selecionamos aqui algumas das dicas mais importantes para as empresas que têm uma Página no Facebook.

1. Esteja atento

Como se sentiria se cumprimentasse alguém na rua, mas essa pessoa não lhe respondesse? É assim que os seus seguidores se sentem quando não responde aos seus comentários, quando não coloca “Gosto” nas partilhas que fazem das suas publicações, ou quando não responde às suas mensagens em tempo útil. Se não existirem reações do seu lado, deixarão também de existir do lado do público, e o que se deseja é exatamente o contrário: reações, interações e envolvimento.

2. Não ignore as críticas negativas

Varrer as críticas para debaixo do tapete não as faz desaparecer. Pelo contrário, vai gerar ainda mais insatisfação. Além disso, responder com indignação e numa atitude defensiva apenas vai transmitir falta de profissionalismo e desconsideração pelos sentimentos do cliente. Lembre-se de que aquilo que pode prejudicar a reputação da empresa não é a crítica propriamente dita, mas a forma como a ela reage. Assim, valorize a opinião do cliente, mesmo que não concorde, e faça tudo para que o problema seja resolvido e para que a experiência do cliente venha a ser mais satisfatória.

3. Foque-se no benefício, e não no produto

Evite a tentação de divulgar permanentemente os seus produtos e serviços. Assim, alterne as suas publicações comerciais com outras que acrescentem valor e que aumentem o envolvimento dos seguidores, numa estratégia de conteúdo sólida, útil, envolvente e consistente.

4. Tenha cuidado com as imagens

Imagens pixelizadas, desfocadas, confusas ou com elementos difíceis de visualizar vão deixar os utilizadores frustrados. As imagens são o primeiro elemento que os utilizadores veem, e têm o poder de chamar a atenção no meio de tantas outras publicações que passam pelo feed do seu público. Não se esqueça de as adaptar à visualização por telemóvel, para garantir que funcionam a partir de qualquer dispositivo de acesso.

5. Não dependa só do Facebook

Não dependa só do Facebook e não abdique de ter o seu próprio site, onde é a sua voz que dita as regras. Além disso, invista também em canais alternativos de venda e diversifique a sua publicidade, como o OLX Business. Esta que já é a maior comunidade de classificados em Portugal expõe dezenas de milhares de empresas a mais de 700.000 oportunidades de vendas todos os meses.

Afinal, vale a pena comprar anúncios no Facebook?

Considerando todos as vantagens e limitações, vale a pena anunciar no Facebook se for feito corretamente e dentro de uma estratégia. O processo pode ser confuso para quem não tem experiência, pelo que o ideal é contar com profissionais para segmentar o público corretamente, evitar erros e obter os retornos desejados com mais eficiência.

Contudo, é importante contar com canais alternativos de venda, como o OLX Business, para alcançar um público mais vasto e alavancar o seu negócio. Peça uma proposta, sem compromisso, aos nossos consultores especializados e confirme por si mesmo como o OLX Business pode fazer crescer a sua empresa de forma sustentável.

Concluindo, fazer anúncios no Facebook é essencial para que as empresas de todas as dimensões se mantenham ativas e visíveis no mercado. É também importante manter boas práticas de gestão da rede, para construir uma relação de confiança com o seu público, e contar com vários outros canais de venda alternativos, como o OLX Business, para tirar todo o partido das ferramentas atualmente disponíveis para alavancar o seu negócio. Peça uma proposta, sem compromisso, aos nossos consultores especializados e confirme por si mesmo como o OLX Business pode fazer crescer a sua empresa de forma sustentável.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário