Sou Pro

As vantagens de abrir uma empresa e os primeiros passos a seguir

Jovem empresária a trabalhar com computador

Abrir uma empresa parece um passo de gigante. Antes de avançar, considere todos os prós e contras, todos os medos e sonhos.

Se já fez este balanço e procura um pouco mais de motivação para abrir a sua empresa, este guia pode ajudar. E, para que não dê esse passo desamparado, aqui encontrará também os procedimentos básicos para definir se pode ou não abrir uma empresa e que tipo de empresa pode abrir. 

As vantagens de abrir uma empresa

1. Networking reforçado

Ao abrir uma empresa, irá começar a relacionar-se com instituições bancárias ou de crédito de uma forma diferente.

Irá construir também relações com fornecedores e parceiros. E estas novas relações que constrói, ao ter uma empresa, dão-lhe um acesso a leilões exclusivos para empresas ou melhores ofertas de crédito.

Ao abrir uma empresa, entrará em contacto com muitos stakeholders – sejam fornecedores, clientes, parceiros ou investidores. Como empresário, estará a criar uma rede de contactos que lhe pode ser útil para novos investimentos, aumentando assim o potencial da sua empresa.

E, se eventualmente as coisas não correrem como espera, esta rede de contactos pode vir a ser-lhe muito útil para recuperar da melhor forma.

2. Carreira mais gratificante

Um empresário precisa de visão. E a visão é essencial para qualquer carreira. Enquanto ao trabalhar por contra de outrem estará dependente da avaliação ou da sua antiguidade na empresa para subir, sendo empresário, tudo depende do seu trabalho.

Abrir uma empresa pela primeira vez parece um salto de gigante. Mas, assim que obtenha os primeiros resultados positivos, pode voltar a reinvestir esses valores e potenciar o crescimento da empresa.

3. Contribuir para o desenvolvimento do país e criar emprego

As empresas são parte fundamental de cada país, contribuindo diretamente para o PIB de qualquer economia.

O empreendedorismo ativo é sinal de uma economia saudável. Ao abrir uma empresa, está a criar mais um canal de troca de bens comerciais, mais emprego e a gerar maior poder de compra.

O desenvolvimento de um país está intimamente ligado ao índice de confiança dos empresários. Se estes mostram confiança, os mercados reagem positivamente.

4. Liberdade e otimização de tempo

Todos temos horários, e os empresários não são exceção. Mas nem todos têm liberdade para estabelecer os horários que melhor lhe convêm.

Um empresário não tem outro fator de avaliação do seu trabalho para além dos resultados obtidos. O seu tempo passa a ser otimizado para os seus objetivos e responde apenas a si próprio (e aos seus acionistas e investidores, se for o caso).

5. Fazer o que gosta e ganhar dinheiro com isso

Nem sempre temos oportunidade de trabalhar no que gostamos, mas ao tomar a iniciativa de abrir uma empresa, tem esse poder nas suas mãos.

Se faz o que gosta e fá-lo bem e com sucesso, o dinheiro que ganha tem um outro sabor. É felicidade e satisfação pessoal garantida.

6. Regime fiscal mais favorável

Abrir uma empresa pode trazer benefícios a nível fiscal, dependendo do regime em que se enquadrar. A taxa de IRC (Imposto sobre Rendimentos de Pessoas Coletivas, IRC) situa-se nos 21 %, dependendo do volume de faturação da empresa.

Como empresa, existe a possibilidade de deduzir custos com o IVA em despesas ou bens adquiridos pela empresa (ex: viatura de mercadorias).

Ficou convencido com as vantagens de abrir uma empresa?

Antes que o faça, existem passos essenciais a ter em conta:

1. Teste a sua ideia

Tem uma boa ideia? Seja crítico com ela. Comece por partilhá-la com pessoas em que confie e peça-lhes a sua opinião sincera. Esteja aberto ao feedback externo.

Depois, faça uma análise SWOT e analise a sua ideia ao detalhe. As suas forças e oportunidades. E as suas fraquezas e ameaças.

2. Plano de Negócios

Não se iluda com a ideia que boas empresas ou startups surgem apenas com um bom pitch. Se não houver uma estruturação do modelo de negócio, a empresa andará à deriva até naufragar.

Um plano de negócios define os focos essenciais do seu projeto, a alocação dos vários tipos de recursos (financeiros, humanos, materiais), os passos a seguir e soluções que acautelem problemas.

3. Defina objetivos mensuráveis e reais

A par destas primeiras duas etapas, ou após a realização das mesmas, defina claramente os objetivos. “Ficar rico” ou “Crescer” não valem. Têm de ser mensuráveis e ter datas estabelecidas.

Por exemplo, se tem o objetivo de ter uma faturação de 50.000€ no final do ano, deverá dividir essa faturação por objetivos mais pequenos ao longo do ano.

4. Gestão de custos

Antes de abrir a empresa, estabeleça os custos que irá ter com ela: obrigações fiscais, crédito, recursos humanos, materiais, renda, etc. Ter noção dos custos é essencial para testar a viabilidade económica da empresa.

Que tipos de empresa pode abrir?

Em Portugal, existem os seguintes tipos de empresas:

  1. Empresário em nome individual – Como o nome indica, basta uma pessoa para abrir a empresa. Entre as vantagens deste tipo de empresa está o facto de não ser exigido um capital social mínimo. Entre as desvantagens está o facto de património particular do empresário responder por dívidas contraídas pela empresa.
  2. Sociedade Unipessoal por Quotas – É a outra modalidade disponível para abrir uma empresa só com uma pessoa. Neste cenário, apesar de ser necessário um capital social mínimo, ele poderá começar a partir de 1€. Aqui, o seu património particular não ficará hipotecado em caso de dívida da empresa. Por outro lado, precisará de contratar um Técnico Oficial de Contas.
  3. Sociedade por Quotas – Se vai abrir uma empresa com sócios, esta é uma das alternativas. O capital mínimo é de 1€ por sócio e a responsabilidade de cada sócio é limitada ao seu valor de quota. Nestas empresas, ao nome comercial acrescenta-se o “Limitada” ou o “Lda”.
  4. Sociedade Anónima – Ao abrir empresa com 5 ou mais sócios, esta é a opção a tomar. Aqui o capital social está dividido por ações entre os sócios. O capital social mínimo a investir não pode ser inferior a 50.000€. Ao nome comercial acrescenta-se “Sociedade Anónima” ou “S.A.”

Se as vantagens de abrir uma empresa já estão claras para si, siga este passo-a-passo para começar o seu negócio. Lembre-se sempre que pode criar o seu perfil de empresa no OLX e começar a vender para milhares de pessoas, hoje.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário