Sou Pro

7 ideias de negócios rentáveis em Portugal

Jovem empreendedora a escrever no quadro

São já muitas as crises económicas que fazem parte da nossa história, mas a que vivemos neste momento é diferente. De repente, todos nós fomos obrigados a parar. A incerteza profissional passou a ser um problema quase geral, muitas pessoas viram as suas funções suspensas e, até mesmo, extintas. Mas nem tudo é mau. Muitas vezes estas crises são o grande impulso para que os profissionais mais empreendedores se possam dedicar à criação de outros negócios rentáveis e com eles retomarem a sua atividade profissional.

Negócios rentáveis que surgiram em épocas de crise

A recessão económica provocada pelas grandes crises é sempre um motivo de alarme. Mas para os mais empreendedores esta pode mesmo ser a altura perfeita para criar um negócio rentável. Muitas vezes, esta é também a forma de sair de uma situação de desemprego, instabilidade e, até mesmo, de insatisfação profissional.

Contudo, a decisão de criar um negócio numa altura de crise requer muita ponderação e, acima de tudo, um planeamento muito bem estruturado. É fundamental perceber o estado em que se encontra o mercado onde se quer posicionar e assim definir como vai atuar para conseguir atingir o público a que se propõe.

A história não deixa margem para dúvidas e são vários os exemplos de grandes marcas e negócios que nasceram em plenas épocas de crise.

Fanta

A Fanta nasceu durante a Segunda Guerra Mundial. Corria o ano de 1941 e, como consequência da guerra, a fábrica alemã da Coca-Cola estava impedida de receber matéria-prima externa e, por essa razão, a fábrica e a produção estavam quase a fechar, obrigando ao despedimento de todos os seus funcionários. A solução para este problema foi mesmo encontrar uma nova matéria-prima que existisse no próprio país, não sendo necessária a sua importação. Assim nasceu a Fanta com sabor a maçã que, ao longo de todos estes anos, se foi transformando e é hoje a bebida que tão bem conhecemos.

Nescafé

No início da década de 1930 a procura de café caiu um pouco por todo o mundo, afetando os produtores do Brasil que eram os maiores responsáveis pela produção do grão de café. O governo Brasileiro pediu ajuda à Nestlé para poderem escoar todo o excedente de grãos de café resultante desta crise e foi aqui que nasceu a ideia de transformar estes grãos em pó, aumentando assim a sua durabilidade. Atualmente, a Nescafé é uma das maiores marcas pertencentes à Nestlé.

Airbnb

A grande crise mundial que vivemos em 2008 obrigou a uma reflexão bastante profunda sobre os nossos hábitos de consumo. E foi neste mesmo contexto que surgiu a Airbnb, com o objetivo de as pessoas poderem promover estadias nas suas próprias habitações, tendo assim a possibilidade de ganhar algum dinheiro, e de conseguir estadias a preços mais acessíveis, numa altura em que o poder de compra se reduziu drasticamente.

À semelhança destes três exemplos, também a Uber, a Vespa, a Nutella e a Swatch são algumas marcas que nasceram em fases de grande instabilidade económica.

7 tipos de negócio em que deverá apostar

1# Alimentação/Restauração

Nos últimos anos, a preocupação em torno da alimentação saudável tem sido crescente. Por essa razão, existe uma procura cada vez maior de produtos orgânicos e naturais. A criação de um negócio na área da alimentação saudável ou alternativa pode ser uma excelente opção para quem deseja dedicar-se ao seu próprio negócio.

Este interesse por uma alimentação mais saudável reflete-se na procura de produtos mais naturais. Atualmente, mais de 70% da população portuguesa tem uma alimentação de qualidade nutricionalmente elevada.

2# Serviços online

A prestação de serviços online é também uma das opções de negócio mais interessantes neste momento. Podemos destacar a função de assistente virtual, que consiste na prestação de um serviço de apoio à distância, quer a nível pessoal, administrativo ou de gestão

Esta é uma função bastante comum em países como os EUA e é agora considerada uma das profissões mais promissoras em Portugal. De uma forma geral, os portugueses ocupam 21,8% do seu tempo livre online, o que é um excelente indicador para potenciais compras online.

3# Lojas de artigos em segunda mão

Os conceitos de minimalismo e destralhe são cada vez mais usuais no nosso dia a dia. Por isso, vender artigos usados pode mesmo ser uma excelente opção de negócio. Roupa, livros, mobília, brinquedos, antiguidades e artigos vintage são sugestões de tudo o que poderá incluir no seu negócio.

Os mercados da roupa em segunda mão, por exemplo, têm sofrido um aumento exponencial e prevê-se que até 2023 o seu crescimento seja ainda maior.

4# Upcycling

O upcycling é uma prática já com algum tempo, mas que tem conquistado um papel de maior destaque ao longo dos últimos anos. De uma forma geral, consiste em transfomar em materiais ou objetos já sem grande utilidade e reconstrui-los, dando-lhe uma nova forma e uma nova finalidade.

A economia circular, além de ser altamente benéfica para a sociedade e para o meio ambiente, pode também ser bastante rentável sob a forma de negócio.

5# Formação/Coaching e consultoria online

A aquisição de novas competências pessoais e profissionais é uma grande mais-valia e uma opção cada vez mais procurada. O mundo digital veio desenvolver ainda mais esta área, sendo o impulsionador de toda a oferta formativa online agora existente.

A era COVID19 traz uma ainda maior abertura ao mundo digital, que se reflete numa procura crescente pela formação online.

6# Marketing digital

Atualmente, quase todos os negócios se desenvolvem muito a partir da sua presença online. O marketing digital é, por essa razão, uma opção de negócio que deve mesmo ponderar caso seja a sua área de atuação.

No início de 2020, cerca de 83% da população portuguesa tinha acesso à internet e muitas horas do seu dia eram passadas a navegar nas redes sociais. Agora, mais do que nunca, a presença das marcas nas redes de forma sustentada é crucial para o seu sucesso.

OLX Pro, o parceiro para dar início ao seu negócio

Para dar início a um novo negócio que se torne rentável, o empreendedor deve dispor de algumas ferramentas que possam facilitar todo o processo. Por isso, o OLX Pro disponibiliza, além da informação necessária, várias opções que lhe permitirão agilizar a construção e desenvolvimento do seu negócio.

Se tem em mente uma ideia que quer desenvolver e não sabe por onde começar, consulte as soluções que o OLX Pro tem para si. Num só local terá a oportunidade de expandir a sua ideia, personalizando todo o seu negócio e dando-lhe visibilidade, pois estará inserido numa plataforma que conta com mais de 80 mil compradores diários.


Partilhe este artigo nas suas redes:

Próximas leituras:

Deixe um comentário